Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9855
Title: Inadaptação do sistema escolar português
Author: Coelho, Carlos Meireles
Keywords: reforma do sistema educativo
democratização da educação
igualdade de oportunidades
sucesso escolar
diferenciação curricular
formação profissional
pré-profissionalização
classes de apoio
pedagogia de apoio
educação especial
formação permanente de professores
Issue Date: 1980
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Em 1979, Ano Internacional da Criança, a reforma Veiga Simão (1973) não chegou a ser implementada e o sistema educativo português, apesar de algumas alterações pontuais após o 25 de Abril, encontra-se sem uma estrutura coerente para resolver os problemas dos mais de 3 milhões de crianças que temos: mantém-se um sistema selectivo, marginalizador e eliminatório para apurar os 5% que entrarão na universidade. O insucesso escolar atinge níveis inadmissíveis. Para a população considerada «inadaptada» não há lugar na escola nem educação especial. O sistema escolar português apresenta-se, assim, estruturalmente «inadaptado». Torna-se urgentemente necessário repensar os estudos da Unesco (1974) e da OCDE (1976), na sequência do Projecto Regional do Mediterrâneo, para termos um sistema educativo para todos, onde cada um seja orientado para aquilo por que tem interesse e manifesta aptidões, valorizando a diferenciação curricular e a formação profissional e a pré-profissionalização.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10773/9855
Appears in Collections:DE - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1980_RUA1.pdf6.25 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.