Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9837
Title: Compreensão de metáforas primárias e deficiência auditiva
Author: Afonso, Nádia Cristiana Pires
Advisor: Teixeira, António Joaquim da Silva
Keywords: Ciências da fala e da audição
Perturbações da comunicação
Audição
Língua portuguesa
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Motivada quer pela importância cognitiva, educacional e social da metáfora, quer pela escassez de estudos nesta área, esta investigação tem como principais objetivos [1] investigar a compreensão de Metáforas Primárias (MP) verbais e não-verbais em crianças com Deficiência Auditiva de grau moderado a severo e de grau profundo, e [2] investigar se o efeito da Deficiência Auditiva na compreensão de MP verbais varia em função do conhecimento linguístico, bem como [3] em função da capacidade cognitiva. O método consistiu na aplicação de instrumentos de avaliação do conhecimento linguístico (Grelha de Observação da Linguagem Oral), da capacidade cognitiva (Matrizes Progressivas Coloridas) e da compreensão de MP (adaptação do Teste de Compreensão de MP) a 5 crianças com audição normal (grupo de controlo) e a 13 com Deficiência Auditiva, das quais 7 possuem grau de severidade moderado a severo e 6 grau profundo. Os resultados sugerem que a Deficiência Auditiva tem efeito na compreensão de MP verbais, prejudicandoa, mas não na compreensão das MP não-verbais. Apenas a componente fonológica da linguagem exerce efeito, negativo, na relação entre a Deficiência Auditiva e a compreensão de MP verbais. Não obstante, todas as componentes linguísticas em estudo (semântica, morfossintaxe e fonologia) exercem um efeito preditivo positivo per si na compreensão de MP verbais, ao contrário da cognição, que não tem qualquer efeito nessa compreensão. As conclusões desta investigação são, por um lado, que as crianças com Deficiência Auditiva, independentemente do grau, apresentam um atraso no desenvolvimento metafórico relativamente aos seus pares ouvintes e, por outro, que uma intervenção terapêutica e educacional baseada na estimulação linguística, particularmente na estimulação da competência fonológica, apresenta-se como a área recomendável para beneficiar a compreensão de MP verbais nestas crianças.
Motivated by the cognitive, educational and social importance of the metaphor, as well as by the shortage of research in this field, the main aims of this investigation are [1] to investigate how children with moderately severe and profound Hearing Impairments understand both verbal and non-verbal Primary Metaphors (PM), and [2] to investigate whether the effect that Hearing Impairments have on the comprehension of verbal PM varies in accordance with linguistic knowledge, as well as [3] in accordance with cognitive abilities. The method consisted in using tools to evaluate linguistic knowledge (Observation Grid of Oral Language), cognitive abilities (Coloured Progressive Matrices) and comprehension of PM (an adapation of the PM Comprehension Test) among 5 children with normal hearing (control group) and 13 chidren with Hearing Impairments, of whom 7 have a moderately severe degreel of impairment and 6 have a degree of profound impairment. The results suggest that Hearing Impairments affect the comprehension of verbal PM, hampering it, but not the comprehension of non-verbal PM. Only the phonological component of language has an effect, a negative one, on the relationship between the Hearing Impairment and the comprehension of verbal PM. Nevertheless, all the linguistic components that are being studied (semantics, morphosyntax and phonology) have a predictably positive effect per si on the comprehension of verbal PM, in contrast with congition, which has no effect whatsoever on that understanding. The conclusions of this investigation are, on the one hand, that children with a Hearing Impairment, whatever its degree of Hearing Impairment, exhibit a delay in their metaphorical development in comparison with their counterparts with full hearing and, on the other hand, that a therapeutic and educational intervention based on linguistic stimulation, in particular the stimulation of phonological proficiency, is demonstrably the recommended area for enhancing the comprehension of verbal PM among these children.
Description: Mestrado em Ciências da Fala e da Audição
URI: http://hdl.handle.net/10773/9837
Appears in Collections:DCM - Dissertações de mestrado
DLC - Dissertações de mestrado
DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf3.52 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.