Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9783
Title: Ictiofauna e população de Liza aurata do canal de Mira - Ria de Aveiro
Author: Pinto, Josepha Manuela Ferreira Duarte
Advisor: Rebelo, José Eduardo
Keywords: Biologia marinha
Ictiofauna - Ria de Aveiro (Portugal)
Defense Date: 2009
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho tem por objectivo actualizar dados sobre a diversidade espacial da ictiofauna do Canal de Mira, da Ria de Aveiro, abordar métodos de gestão de recursos ictiológicos em termos de esforço de pesca, averiguando a quantidade dos indivíduos de cada espécie neste espaço, usando como índice o número de diversidade (N2) e a distribuição de indivíduos por espécies, por fim, fazer um estudo sobre a espécie mais abundante, relacionado com aspectos do seu crescimento, recrutamento, idade e as suas densidades e biomassas por metro quadrado. Para tal, a colecta do material ictiológico, com a Chincha, foi realizada de três em três meses na estação de Barra e Areão, durante dois anos, no período compreendido entre Outono de 2007 e Verão de 2009. A comunidade ictiofaunistica deste biótipo é sobretudo da família Sparidae, Mugilidae e Gobiedae, dentro destas, existem mais espécies que passam todo o seu ciclo de vida nesse canal do que espécies pertencentes a outras categorias ecológicas, no entanto as que se encontram mais concentradas no espaço em termos de densidade e biomassa são as Marinhas sazonais e diádromas. O bioma em causa é rico e diversificado, no entanto possui capacidade, apenas, para uma ou duas espécies muito abundantes em densidade para cada ano, em termos de biomassa, consegue suportar até 10 espécies diferentes com quantidades muito elevada. Contudo, os indivíduos encontram-se relativamente bem distribuídos pelas espécies. A espécie mais abundante em densidade e biomassas foi a Liza aurata, com 0,155, 0,116 e 0,140 ind/m2, para a estação de Barra em 2008 e 2009 e estação de Areão em 2009, respectivamente e 0,083, 0,066 e 0,0798 g/m2, nas mesmas estações, indicativo de que ela pode encontrar-se em quantidades muito elevadas tanto na Barra ou no Areão, e não existem diferenças significativas nas capturas tanto a nível temporal como espacial, em densidade e biomassa. Esta espécie apresenta neste habitat um crescimento isométrico e a sua idade varia de 0 anos a 3 anos de idade e durante os dois anos de amostragem a espécie usou o estuário como local de crescimento, encontrando-se nesse ecossistema principalmente com comprimentos entre 4,72 – 11,06 cm, o recrutamento ocorre na primavera.
The goal of the present work is to revise data about fish fauna in Mira Channel from Aveiro River. This was achieved by using management of fish materials, by means of fishing effort, investigating quantitatively each species from this place, using as index the diversity number and the distribution of types per species, finally carrying out a study about most abundant species, taking into account its growth, recruitment, age, density and biomass per square meter. For this purpose the fish sampling, with Chincha was performed every three months at Barra and Areão station, during two years, between autumn of 2007 and summer of 2009. The fishes from this biotype were mainly from the family of Sparidae, Mugilidae e Gobiedae, among these exist more species which pass all their life in this channel than species belonging to other ecological categories, however those which are most densely in this space regarding density and biomass are seasonal marine and diadrom species. The corresponding ecosystems are rich and varied, however possess capacity only for one or two species more abundant each year, regarding biomass only ten species can be supported in high amount. Anyway the types are relatively well distributed among species. The most abundantly species as density and biomass was Liza aurata with 0.155, 0.116 and 0.140 types/m2 for Barra in 2008 and 2009 and Areão in 2009 and respectively 0.083, 0.066 and 0.079 g /m2 for the same stations, indicating that this species can be found abundantly both in Barra and Areão. In any of the places no significant differences in captures were observed during time, as regarding density and biomass. In this environment the species presents an isometric increase and its age vary between 0 and 3 years. During the sampling period the species used the estuary as growing place, their length in this ecosystem varied between 4.72-11.06 cm, and the recruitment occurs in spring.
Description: Mestrado em Biologia Marinha
URI: http://hdl.handle.net/10773/9783
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado
Ria de Aveiro - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_Josepha.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.