Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9624
Title: Actualização e diversificação de repertórios no ensino do violino
Author: Rufino, Ana Elisa de Almeida Santos
Advisor: Pestana, Maria do Rosário Correia Pereira
Keywords: Educação musical
Música popular
Violino
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente estudo foi conduzido no âmbito do ensino especializado da música, mais concretamente do violino. Insere-se numa linha de pensamento que explora criticamente alternativas ao cânone clássico que actualmente domina os repertórios musicais neste contexto. O seu principal objectivo consiste em contribuir para uma educação artística aberta aos desafios da interculturalidade e mais próxima dos interesses musicais específicos dos jovens aprendizes de violino. Este objectivo justifica-se com um conjunto de problemas identificados em estudos sobre o ensino especializado da música em Portugal. Este projecto enquadra-se no âmbito da motivação e da pedagogia, levando em consideração o mundo heterogéneo em que os alunos vivem dentro e fora da sala de aula. Nesse sentido, enquanto questiona a prevalência do cânone musical erudito ocidental no ensino da música, através de uma procura das suas fundações históricas, sociológicas e ideológicas, explora igualmente o percurso até à validação académica e cultural das músicas populares, assim como a sua corrente inclusão nos currículos escolares de vários países. Acrescenta igualmente uma breve pesquisa acerca das teorias da motivação mais relevantes para o processo de aprendizagem musical. A investigação acção propõe a inclusão de repertório não clássico nas aulas de violino através do recurso a músicas populares (tais como rock, pop e jazz) mais próximas do tempo e dos gostos pessoais de cada um dos alunos. A um grupo de oito estudantes de violino foi ensinada uma peça não clássica à sua escolha durante um período lectivo, como substituição de uma das peças clássicas previstas como parte do programa a trabalhar. Foram previamente avaliadas as vivências musicais familiares, assim como a relação dos alunos com o repertório clássico e a prática do instrumento. Após a implementação prática da experiência, foi feita nova avaliação respeitante a alterações dos índices motivacionais e dos níveis de prática instrumental dos alunos. Para tal, foi seguido um modelo metodológico etnográfico de recolha de dados, através da condução de entrevistas, questionários, anotações de campo e recursos audiovisuais, tais como gravações vídeo. A análise do processo de ensino-aprendizagem, assim como a consulta das preferências e opiniões dos alunos, pais e colegas professores de música providenciaram um largo espectro de questões a serem observadas e consideradas no que concerne a futuras aplicações destes tipos de música no contexto educativo, sugerindo que existe, por parte da comunidade escolar, uma significativa receptividade a uma via de pluralidade estética e cultural.
This research was carried in the field of Specialized Music Education, particularly of violin instruction. It follows a line of thought that critically explores alternatives to the classical canon that presently dominates musical repertoires in this context. The main aim is to contribute to an artistic education that is open to intercultural challenge and also stands closer to the specific musical interests of young violin players. This purpose is justified by a set of problems identified in the course of several studies focusing on Specialized Music Education in Portugal. This project was conducted within a motivational as well as pedagogical framework, taking into consideration the heterogeneous world students live in. While at the same time questioning the prevalence of the classical western musical canon in music education by searching its historical, sociological and ideological foundations, it also explores the path towards academic and cultural validation of popular music and, ultimately, its ongoing inclusion in school curricula around the world. It’s also added a brief survey of the motivation theories most relevant to musical learning processes. This action-research proposes the inclusion of non-classical repertoire in violin classes, through the use of popular music (such as rock, pop, and jazz) closer to each student's time and musical taste. A group of eight violin students were thought a popular music piece of their choice during one school term, as a substitution for one of the classical pieces planned as part of the program. The family musical environments, as well as the previous relationship of the students with the instrument’s repertoire and practice were assessed. After the practical implementation of the experiment, a new assessment was made concerning shifts in student's motivational indexes and practice levels. An ethnographic methodological model was used to gather data for this project through interviews, questionnaires, field notes, journals and media resources such as video recording. Learning process analysis, together with an overall consultation of students’ preferences and opinions, as well as their parents' and fellow music teachers', provided a broad scope of questions to be observed and considered regarding future applications of this kind of music in an educational context, suggesting there is already, inside the school community, a significant openness to a path of aesthetic and cultural pluralism.
Description: Mestrado em Ensino de Música
URI: http://hdl.handle.net/10773/9624
Appears in Collections:DECA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
6706.pdf4.23 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.