Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/9505
Title: Perfil de suscetibilidade do Mycobacterium tuberculosis no CHEDV
Author: Melo, Liliana Catarina de Sá Mendes de
Advisor: Silva, Ana Cristina Rodrigues
Barroso, Sónia Alexandra Leite Velho Mendo
Keywords: Microbiologia
Bactérias patogénicas
Tuberculose
Resistência a antibióticos
Mycobacterium tuberculosis
Defense Date: 2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A tuberculose continua a revelar-se como uma das principais causas de morte em todo o mundo provocadas por um único agente infecioso. A resistência aos antibióticos, e em particular a multirresistência, são o resultado de um controlo inadequado da doença, constituindo um problema grave e uma verdadeira ameaça aos programas de controlo da tuberculose. O presente trabalho reporta sobre um estudo de perfil de suscetibilidade do Mycobacterium tuberculosis aos antibióticos no CHEDV durante um período de 5 anos (1 julho de 2006 a 30 de junho de 2011). Os resultados obtidos foram estudados através de um programa estatístico que permitiu conhecer esses perfis nas estirpes identificadas em 131 pacientes, durante o período de estudo. Os demais objetivos do trabalho passavam pela verificação de possíveis alterações nos padrões de suscetibilidade, pela procura de eventuais relações entre as variáveis estudadas e os dados da DGS e da ARS Norte, e pela avaliação e interpretação dos resultados obtidos no sentido de conhecer possíveis alterações de suscetibilidade e padrões de resistências. Os antibióticos estudados, nomeadamente, rifampicina, isoniazida, estreptomicina, pirazinamida, etambutol, PAS, D-cicloserina, etionamida, ciprofloxacina, ofloxacina, canamicina, amicacina, capreomicina e linezolide foram escolhidos com base nos critérios da Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). No presente estudo obteve-se uma prevalência de amostras positivas de 6% para MTC e 2% para MNT (189 amostras positivas das 2459 estudadas). Estas 189 amostras positivas representavam 132 pacientes com resultado positivo para MTC e 57 pacientes com identificações de MNT. Os TSA apenas foram realizados nas amostras de Mycobacterium tuberculosis (131 amostras), uma vez que uma das amostras obteve uma identificação de BCG, num contexto de BCGite, não tendo sido realizado o antibiograma. Das 131 amostras estudadas observou-se que os perfis de resistência e sensibilidade variaram ao longo dos 5 anos de estudo. Os perfis de suscetibilidade dos pacientes estudados demonstram que 84,6% das estirpes apresentam sensibilidade a todos os fármacos de 1ª linha, 1,5% apresentam resistência a todos os fármacos de 1ª linha, 0,8% apresentam resistência à INH, RIF e STR, 5,4% de resistência à STR e INH, 0,8% de resistência à PZA e 1,5% de resistência à INH. As aprendizagens do passado dizem-nos que a solução do problema mundial da tuberculose não passa apenas por novas armas terapêuticas mais potentes e eficazes. A vitória contra esta temível doença requer, sobretudo, uma estratégia adequada a cada país e uma organização que a suporte, assim como uma luta eficaz à pobreza, à iliteracia e ao subdesenvolvimento. Uma vacina, idealmente, deveria ser significativamente eficaz para evitar a invasão nos tecidos pelo bacilo, proteger contra a tuberculose primária e secundária, contribuir para a destruição dos bacilos persistentes e evitar a reinfeção endógena.
Tuberculosis persists as a major cause of death all over the world due to a single infectious agent. Antibiotic resistance, and particularly multirresistance, are the result of an inadequate control of the disease, and constitute a severe problem and a serious threat to tuberculosis control programs. This work reports on a study of the susceptibility profile of Mycobacterium tuberculosis to antibiotics in CHEDV over a period of 5 years (July 1st 2006 to June 30th 2011). The results obtained were analyzed using statistics software, which allowed the discovery of those profiles on the strains identified in 131 patients during the study period. Other objectives of this work were the verification of potential variations on the susceptibility patterns, the search for potential relationships between this study’s data and the data from DGS and ARS Norte studies, and the evaluation and interpretation of the study’s results in search for possible variations of susceptibility and resistance patterns. These antibiotics, rifampicin, isoniazid, streptomycin, pyrazinamide, ethambutol, PAS, D-cycloserine, ethionamide, ciprofloxacin, ofloxacin, kanamycin, amikacin, capreomycin, and linezolid were chosen based on the criteria of the Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). The data analysis revealed a prevalence of 6% for MTC and of 2% for NTM in 189 positive samples of 2459 total samples. These 189 samples represent 132 patients with positive results for MTC and 57 patients with identification of NTM. The AST were only conducted on samples of Mycobacterium tuberculosis (131), as one of the samples obtained an identification of BCG in the context of BCGitis, and antibiogram was not performed. Of the 131 samples studied, it was observed that the percentage of resistance and sensitivity varied over the 5 years of the study. The susceptibility profiles of the patients studied were 84.6% sensitive to all first-line drugs, 1.5% resistance to all first-line drugs, 0.8% resistance to INH, RIF and STR, 5.4% resistance to INH and STR, 0.8% resistance to PZA, and 1.5% resistance to INH. The learnings from the past tell us that the solution to the global problem of tuberculosis cannot be based solely on new therapeutical weapons, more potent and effective. The challenge against this disease requires, above all, a strategy tailored for each country and an organization that supports it, as well as an effective struggle against poverty, illiteracy and underdevelopment. Ideally, a vaccine should be significantly effective in preventing tissue invasion by the bacillus; protect against primary and secondary tuberculosis; contribute to the destruction of persistent bacilli; and prevent endogenous reinfection.
Description: Mestrado em Microbiologia
URI: http://hdl.handle.net/10773/9505
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação.pdf3.23 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.