Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/8995
Title: Análise integrada de dados geoquímicos e geofísicos na vidreira do Côvo
Author: Coelho, Lia Raquel Machado
Advisor: Almeida, Fernando Ernesto Rocha de
Silva, Eduardo Anselmo Ferreira da
Keywords: Geomateriais
Prospecção geoquímica
Prospecção geofísica
Arqueologia industrial
Defense Date: 29-Mar-2012
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A atual Quinta do Côvo, antiga fábrica da Vidreira do Côvo, situa-se no concelho de Oliveira de Azémeis. Esta foi a primeira fábrica de vidro do Norte de Portugal e esteve em funcionamento descontínuo desde 1520 até 1924, ano em que encerrou definitivamente. O quartzo ou o seixo existente nas pedreiras de Vermoim, depois de esmagados, eram uma alternativa às areias como matéria-prima base ao fabrico do vidro; o barro e a argila que afloravam no espaço da propriedade eram utilizáveis tanto na construção de material refratário para os fornos, como para o fabrico dos potes (cadinhos) destinados à fusão do vidro; os cursos de água existentes (água do rio Antuã e o ribeiro proveniente da extração dos Caulinos) permitiam a movimentação de engenhos hidráulicos na preparação de matériasprimas; a lenha que provinha da extensa mata servia de combustível para o funcionamento dos fornos; e o tipo de vegetação que se podia recolher na zona era utilizável, depois de queimada e submetida a um processo de lixiviação, como fundente da sílica. Devido às suas naturais características, o Côvo foi o local ideal para o desenvolvimento da indústria vidreira. Estabelecendo as relações entre as variáveis geoquímicas e geofísicas no contexto da arqueologia industrial, o objetivo desta dissertação é propor um modelo ocupacional que permita definir um zonamento arqueológico integrado. Neste estudo foram colhidas 70 amostras de solo, em 2 campanhas de amostragem que foram posteriormente analisadas por ICP-MS OPTIMA para 58 elementos. Foram também realizadas 33 medições de resistividade elétrica, usando o dispositivo pólo-pólo em que a aquisição de dados foi feita através de um protótipo de equipamento através de 8 eléctrodos não polarizáveis desenvolvido no âmbito deste trabalho. Ainda foram feitas 3 medições em cada local de amostragem com o dispositivo de Wenner e Schlumberger. Quanto aos fragmentos de vidros encontrados, foram realizadas análises químicas por ICPMS OPTIMA como também foram observados através do Microscópio Eletrónico de Varrimento (SEM). Os dados obtidos foram tratados por métodos univariados, bivariados e multivariados, utilizando o método fatorial análise em componentes principais. A integração dos dados geoquímicos e geofísicos revelou um factor que foi cartografado, onde se representa um modelo ocupacional que define um zonamento arqueológico que está ligado ao processo de fabrico de vidros no Côvo e que conduzirá a novos e mais detalhados estudos.
The Covo's Farm, old Covo's Glass Factory, is located in Oliveira de Azeméis. This has been the oldest glass factory in Northern Portugal and has been in discontinuous operation from 1520 to 1924, year in which it closes permanently. Quartz or flint existing in Vermoim quarries, after crushed, were an alternative to sand as a raw material for the manufacture of glass; the clay materials that outcropped in the property were used both in the construction of refractory material for kilns and for the manufacture of melting pots, intended for glass fusion; the existing watercourses (such as water extracted from the Antuã river and a stream from the kaolins exploitation) allowed the movement of hydraulic devices in the raw materials crushing; the wood from the extensive forest served as a fuel to the operation of the kiln; the type of vegetation liable to collect was usable, after burning and submitted to a leaching process, as a melting material of silica. Due to its local natural characteristics, Côvo was the best location for the development of glass industry. Establishing the relationships between geochemical and geophysical variables in the context of industrial archeology, the aim of this dissertation is to propose an occupational model that allows to establish an archaeological zoning. In this study were collected 70 samples of soil, in two sampling surveys which were subsequently analyzed by ICP-MS OPTIMA for 58 elements. Were also performed 33 measurements of electrical resistivity, using the Pole-Pole array in which the data acquisition has been done by a prototype of equipment, through 8 non-polarized electrodes, developed in the framework of this work. Three measurements were also made in each sampling site with the Wenner and Schlumberger arrays. About the glass fragments founded, chemical analyzes were performed by ICP-MS OPTIMA and they were also observed by the Scanning Electron Microscope (SEM). The data were processed by univariate, bivariate and multivariate methods, using the factorial method in the Principal Components Analysis. The integration of geophysical and geochemical data revealed a factor that has been mapped, which represents a occupational model that defines an area that will be linked to the Côvo glass manufacturing process leading to further more detailed studies.
Description: Mestrado em Geomateriais e Recursos Geológicos
URI: http://hdl.handle.net/10773/8995
Appears in Collections:DGeo - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
249219.pdf65.22 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.