Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/8863
Title: O Comportamento do Investidor é Influenciado por Fatores Psicológicos? Evidência Empírica no Mercado Português
Author: Elisabete F. Simões Vieira
Carla Fernandes
Joana Silva
Keywords: Finanças Comportamentais, Comportamento do Investidor, Mercado Financeiro
Issue Date: 2012
Publisher: ISCA-UA
Abstract: No âmbito da teoria financeira tradicional os investidores são considerados racionais. No contexto das finanças comportamentais, os investidores tendem a afastar-se do princípio da racionalidade, já que as suas decisões se baseiam mais em fatores psicológicos do que em princípios de gestão de investimentos. Este trabalho pretende analisar se alguns dos comportamentos descritos pelas finanças comportamentais afetam a tomada de decisão de um grupo de investidores portugueses, inquirindo um conjunto de 300 indivíduos residentes no território nacional. Os resultados indicam que o comportamento dominante é o de aversão ao risco. Os indivíduos inquiridos manifestam alguma preferência por investimentos em títulos nacionais, o que indicia alguma evidência de patriotismo. Foi igualmente encontrada evidência de comportamentos de aversão a perdas, unidimensionalidade das atitudes face ao risco e excesso de confiança. Os resultados permitem concluir que os investidores cometem alguns erros cognitivos, afastando-se do conceito de racionalidade defendido pelas finanças tradicionais.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10773/8863
ISSN: 1646-4850
Publisher Version: http://revistas.ua.pt//index.php/estudosdoisca/index
Appears in Collections:ISCA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paper_REIsca.pdfDocumento principal131.54 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.