Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/40171
Title: Revisão de estudos de monitorização ambiental de substâncias químicas permanentes (PFAS) em diferentes regiões do mundo
Author: Coimbra, Rafaela Filipa Ferreira
Advisor: Rodrigues, Sónia Alexandra Morais
Campos, Isabel Maria Alves Natividade
Keywords: PFAS
Solos
Águas superficiais
Águas subterrâneas
Sedimentos
Espumas formadoras de filme aquoso
Saúde humana
Defense Date: 19-Dec-2023
Abstract: As PFAS – substâncias perfluoroalquiladas e polifluoroalquiladas – são um grupo vasto de compostos orgânicos sintéticos caracterizado por terem pelo menos um átomo de carbono e praticamente todas as ligações carbono-hidrogénio substituídas por ligações carbono-flúor. Devido a esta alteração nas ligações, estes compostos são altamente estáveis térmica e quimicamente, resistentes ao calor, à água e ao tempo e não são reativos, tendo também propriedades hidrofóbicas e lipofóbicas bastante atrativas para inúmeros usos comerciais. Por estas razões, as PFAS têm sido utilizadas em inúmeros produtos, nomeadamente embalagens de alimentos, produtos de uso pessoal, produtos de limpeza, tintas, utensílios de cozinha, roupas, embalagens de pesticidas e, frequentemente, espumas de combate a incêndios. A presente dissertação apresenta uma revisão bibliográfica do estado atual do conhecimento relativo a concentrações de PFAS medidas por todo o mundo em amostras de águas superficiais, águas subterrâneas, sedimentos e solos, bem como as suas principais fontes. Serão igualmente discutidos os resultados obtidos na caracterização de matrizes biológicas em estudos de avaliação de efeitos das PFAS na saúde humana. Foram analisados 21 estudos das diversas matrizes, publicados entre 2002 e 2022, e provenientes dos seguintes países: Austrália, Canadá, China, EUA, Índia, Itália, Noruega e Suécia. Foram selecionados os seguintes compostos: PFOS, PFOA, PFHxA, PFHxS, PFNA e PFBA, por serem aqueles que eram apresentados com mais frequência e com concentrações mais elevadas nos artigos analisados. Concluiu-se que as matrizes com as concentrações mais elevadas são as águas superficiais e solos, principalmente no que diz respeito ao PFOS, ao PFOA e ao PFHxS e quando contaminados com espumas de combate a incêndio. Os resultados dos diversos estudos também indicam as espumas formadoras de filme aquoso utilizadas no combate a incêndio como a principal fonte de contaminação de PFAS em todas as matrizes analisadas. Quanto aos efeitos na saúde humana, os estudos analisados, publicados entre 2011 e 2022 e realizados na Bélgica, China, Espanha, EUA, Índia, Itália, Noruega e Suécia, apresentam resultados muito variados e, por vezes, contraditórios. À medida que novas evidências científicas se acumulam e novos estudos são conduzidos, é esperado que se obtenha um quadro mais claro sobre como as PFAS afetam diferentes órgãos do corpo humano e poderão ter efeitos na saúde humana.
PFAS - perfluoroalkylated and polyfluoroalkylated substances - are a large group of synthetic organic compounds characterized by having at least one carbon atom and practically all the carbon-hydrogen bonds replaced by carbon-fluorine bonds. Due to this change in the bonds, these compounds are highly stable thermally and chemically, resistant to heat, water and time and are non-reactive, while also having hydrophobic and lipophobic properties very attractive for numerous commercial uses. For these reasons, PFAS have been used in numerous products, including food packaging, personal care products, cleaning products, inks, kitchen utensils, clothing, pesticide packaging and often firefighting foams. This dissertation presents a literature review of the current state of knowledge regarding PFAS concentrations measured around the world in surface water, groundwater, sediment and soil samples, as well as their main sources. The results obtained in the characterization of biological matrices in studies evaluating the effects of PFAS on human health will also be discussed. A total of 21 studies of different matrices were analysed, published between 2002 and 2022, and from the following countries: Australia, Canada, China, USA, India, Italy, Norway and Sweden. The following compounds were selected: PFOS, PFOA, PFHxA, PFHxS, PFNA and PFBA, as they were presented most frequently and in the highest concentrations in the articles analysed. It was found that the matrices with the highest concentrations are surface waters and soils, especially regarding PFOS, PFOA and PFHxS and when contaminated with firefighting foams. The results of the various studies also indicate aqueous film-forming foams used in firefighting as the main source of PFAS contamination in all the matrices analysed. As for the effects on human health, the studies analysed, published between 2011 and 2022 and carried out in Belgium, China, Spain, USA, India, Italy, Norway and Sweden, present very different and sometimes contradictory results. As new scientific evidence accumulates and new studies are conducted, it is hoped that a clearer picture will emerge of how PFAS affect different organs in the human body and could have an effect on human health.
URI: http://hdl.handle.net/10773/40171
Appears in Collections:DAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Rafaela_Coimbra.pdf2.92 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.