Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/39508
Title: A aplicação do conceito de materialidade no relato da sustentabilidade: evidência empírica de empresas europeias
Author: Pinto, Sílvia Faria
Advisor: Carmo, Cecília Margarita Rendeiro do
Keywords: Relato não financeiro
Material
Relevante
Normas GRI
Relato integrado
Defense Date: 13-Jul-2023
Abstract: Numa altura em que a materialidade no relato da sustentabilidade desempenha um papel fundamental para as empresas, auditores e organismos normalizadores, este estudo tem como objetivo aferir qual o grau de implementação do conceito de materialidade no relato da sustentabilidade, quais os determinantes que da sua implementação e quais os temas materiais mais divulgados pelas empresas. Para tal, analisou-se uma amostra de empresas europeias pertencentes ao índice Euro Stoxx 50 e os anos de 2017 a 2021. Os dados foram recolhidos manualmente a partir da análise de conteúdo aos relatórios onde é publicada a informação sobre a sustentabilidade (relatório e contas, relatórios de sustentabilidade e relatórios integrados). O grau de implementação do conceito de materialidade foi medido com base numa escala de cinco níveis. Os resultados demonstram que, em termos médios, o grau de implementação do conceito de materialidade no relato da sustentabilidade das empresas europeias se situa no nível intermédio da escala utilizada e que ao longo do período analisado a maioria das empresas passa de níveis inferiores para níveis superiores de implementação. A aplicação das normas GRI apresenta-se como o principal determinante do nível de implementação do conceito de materialidade. Por fim, o tema material mais divulgado relaciona-se com a Ética, transparência e integridade. Quando se associam os temas materiais divulgados com os capitais da Estrutura Internacional para o Relato Integrado do IIRC, conclui-se que predominam as divulgações relacionadas com o “Capital social e de relacionamento”.
At a time when materiality in sustainability reporting is playing a key role for companies, auditors and standard setters, this study aims to assess the extent to which the concept of materiality is being implemented in sustainability reporting, what are the determinants of its implementation and which material issues are most frequently disclosed by companies. To this end, a sample of European companies included in the Euro Stoxx 50 index was analyzed for the years 2017 to 2021. Data was collected manually through content analysis of the reports in which sustainability information is published (annual reports, sustainability reports and integrated reports). The degree of implementation of the materiality concept was measured using a five-point scale. The results show that, on average, the level of implementation of the materiality concept in the sustainability reporting of European companies is in the middle of the scale used and that most companies move from lower to higher levels of implementation over the period analyzed. The application of the GRI standards is the main determinant of the level of implementation of the concept of materiality. Finally, the most disclosed material topic is related to Ethics, transparency and integrity. When the disclosed material topics are correlated with the capitals of the IIRC's International Framework for Integrated Reporting, it can be seen that disclosures related to "Social and relationship capital" predominate.
URI: http://hdl.handle.net/10773/39508
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
ISCA-UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Sílvia_Pinto.pdf.pdf1.18 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.