Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/39277
Title: The role of E-government in promoting the sustainability of Portuguese municipalities
Other Titles: O papel do E-government na promoção da sustentabilidade dos municípios portugueses
Author: Santos, Tiago Matos
Advisor: Costa, Joana
Keywords: E-government
Digital maturity
Municipalities
Sustainability
IUTIC
Defense Date: 5-Jul-2023
Abstract: Purpose: In the recent decades, modern societies when trough the digital transformation. This shift firstly affected private sectors moving forward to the public sphere. The new organizational practices relying upon virtual domains proved to raise efficiency levels in industry, as such, it is expected to do the same in the public sector. The present article aims to address the role of digital maturity in governance as an enhancer of sustainability. Design/methodology/approach: The analysis will be based on secondary data collected from various governmental sources combined at the municipality level. Data analysis will be carried out in two stages; the first encompasses exploratory analysis focusing on geographical patterns and in the second, a regression analysis to identify the key factors of sustainability, with special emphasis on e-government Findings: The results evidence strong asymmetry in e-government maturity among Portuguese municipalities, with the islands being the laggard. Moreover, the results evidence that adopting e-government strategies increases municipal transparency and promotes social, economic and environmental sustainability. The quantitative results. Originality/value: This study is original in multiple dimensions, providing both theoretical and empirical contributions. First, it reinforces the connection of e-government practices and sustainability achievements, in all fields of action. Additionally, it is comprehensive in describing the state of the art of digital maturity in Portuguese municipalities. Second, it focuses on the five levels of digital maturity separately, identifying the uniqueness of each stage, and presenting an unordered framework, and connecting it to the different technologies to be adopted, actions to be taken and their impacts on sustainability. Finally, it offers an exhaustive portrait of the territory from this perspective, and presents the role that e-government plays in sustainability based on the local power dimension.
Motivação: Nas últimas décadas, as sociedades modernas passaram pela transformação digital. Essa mudança afetou primeiramente os setores privados, avançando para a esfera pública. As novas práticas organizacionais assentes em domínios virtuais provaram elevar os níveis de eficiência na indústria, pelo que se espera que o mesmo aconteça no setor público. O presente artigo visa abordar o papel da maturidade digital na governança como promotor da sustentabilidade. Desenho/metodologia/abordagem: A análise será baseada em dados secundários recolhidos de várias fontes oficiais combinadas no nível municipal. A análise de dados será realizada em duas etapas, na primeira abrange a análise exploratória com foco nos padrões geográficos e, na segunda, uma análise de regressão para identificar os fatores-chave da sustentabilidade, com ênfase especial no e-government. Resultados: Os resultados evidenciam uma forte assimetria na maturidade do e-government entre os municípios portugueses, sendo as ilhas as mais atrasadas. Além disso, os resultados evidenciam que a adoção de estratégias de e-government aumenta a transparência municipal e promove a sustentabilidade social, económica e ambiental. Os resultados quantitativos. Originalidade/valor: Este estudo é original em múltiplas dimensões, fornecendo contribuições teóricas e empíricas. Em primeiro lugar, reforça a conexão entre as práticas de e-government e as conquistas da sustentabilidade, em todos os campos de atuação. Adicionalmente é abrangente na descrição do estado da arte da maturidade digital nos municípios portugueses. Em segundo lugar, enfoca os cinco níveis de maturidade digital separadamente, identificando a singularidade de cada etapa e apresentando uma estrutura desordenada e conectando-a às diferentes tecnologias a serem adotadas, ações a serem tomadas e os seus impactos na sustentabilidade. Por fim, oferece um retrato exaustivo do território nesta perspectiva e apresenta o papel que o e-government desempenha na sustentabilidade a partir da dimensão do poder local.
URI: http://hdl.handle.net/10773/39277
Appears in Collections:DCSPT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Tiago_Santos.pdf2 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.