Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/3764
Title: Os lugares da ruína em Ana Teresa Pereira
Author: Barros, Pedro Luís da Cruz Corga de
Advisor: Rodrigues, Isabel Cristina Saraiva Assunção
Keywords: Literatura portuguesa
Defense Date: 2010
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Em Ana Teresa Pereira encontramos um universo bastante peculiar que ocupa um lugar único no panorama literário português contemporâneo, construído a partir de imagens que se repetem exaustivamente, imagens de uma beleza terrível e fantástica. Se nos embrenharmos nesse seu universo singular e procedermos à análise cuidada de todas essas imagens que perpassam as obras da autora, verificamos que o próprio processo de descodificação e de interpretação dos textos de Ana Teresa Pereira se assemelha ao acto de vasculhar por entre as ruínas de séculos de uma casa abandonada, onde cada vestígio encontrado se repete incessantemente, susceptível de ser confundido com um outro apenas uns passos mais adiante. Quando postos nos seus lugares (ou onde imaginamos serem os seus lugares), esses vestígios, essas pedras nos escombros em ruínas, constituirão a casa de palavras de Ana Teresa Pereira, o seu universo fantástico e misterioso, de plena valorização da ruína como espaço/tempo de exploração de múltiplos lugares do medo. Por estas razões nos interessámos pela temática da ruína na autora, principalmente nas suas obras de cariz mais breve, que nos apresentam uma ruína revestida de contornos únicos, que consegue criar, de forma magistral, toda uma ambiência de clausura encantatória e labiríntica.
In Ana Teresa Pereira we find a very peculiar literary universe, which has a special and unique place on the contemporary Portuguese literature. It is made up of images, repeated endlessly, that strike us as terrifyingly beautiful. If we look deep within this literary spectrum and carefully analyse every image in the author’s texts, we will realise that the very process of decoding and interpreting the symbols is very much like digging deep through century-old ruins of an abandoned house, where every remain found repeats itself and can easily be mistaken for another piece of ruin only a few steps ahead. All of this is Ana Teresa Pereira’s house, filled with words that create the Fantastic, the mysterious and where ruin is given a specific meaning: the meaning of fear, built in an atmosphere of delightful claustrophobia that makes us want to dig deeper through the debris, like an amazingly self-centred labyrinth. The following text will try to analyse Ana Teresa Pereira’s work under the scope of ruin, a subject-matter that gives us the very colour of her writings, especially in her earlier short-stories.
Description: Mestrado em Estudos Portugueses
URI: http://hdl.handle.net/10773/3764
Appears in Collections:DLC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Os lugares da ruína em Ana Teresa Pereira .pdf997.16 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.