Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/3646
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMorgado, Fernandopor
dc.contributor.advisorNogueira, António José Arséniapor
dc.contributor.authorAbreu, Sizenando Nogueira depor
dc.date.accessioned2011-06-20T14:51:51Z-
dc.date.available2011-06-20T14:51:51Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/3646-
dc.descriptionDoutoramento em Biologiapor
dc.description.abstractO presente trabalho pretende ser uma contribuição para o estudo dos processos de bioacumulação e dinâmica de mercúrio em zonas estuarinas costeiras temperadas. A bioacumulaçáo e a dinâmica de mercúrio foi abordada em termos de padrão de contaminação. estado actual e estimativa de evolução futura, tendo como principal base de estudo a zona lagunar da Ria de Aveiro, referendada com um historial de contaminação com mercúrio. A evolução cronológica do padrão de contaminação do ecossistema foi eçtudada utilizando uma abordagem dendroquímica, que permitiu identificar a espécie Populus nigra como um "registador" do mercúrio liberlado por um efluente industrial. A estimativa de acumulação de mercúrio nos sedimentos superficiais. obtidas através da aplicação de um modelo matemático, foram comparadas com os níveis actuais de acumulação de mercúrio para efecluar a validação a longoprazo do modelo e aferir a evolução da contaminação no ecossitema. A bloacumulação foi avaliada em peixes predadores Dicentrardius. labrax (esp6cie com registos de bioacumulação desde o periodo de maior descarga de mercúrio industrial para o ecossistema em estudo) e em peixes demersais Pomatoschistus microps pela afinidade com os sedimentos superficiais contaminados. O biota refiecte a contaminação ambienta1 estabelecendo relações de afinidade com a fracção fina dos sedimentos e incrementando as concentrações de mercúrio com a proximidade a fonte anlropogénica. A conjugação dos resultados obtidos permitiu apresentar as bases de um modelo global do cenário passado, presente e futuro da bioacumulação num ecossistema lagunar costeiro e estuarino, tendo como base de estudo a zona lagunar da Ria de Aveiro.por
dc.description.abstractMercury bioaccumulation and mercury dynamicç were mainly study in a hlstorically contaminated estuarine coastal iagoon (Ria de Aveiro). Past and Present mercury inputs to the aquatic ecosystem were studied using a dendrochemistry approach, polnting Populus nigra as a "mercury data logger" from an industrial effluent. Future evolution was evaluated applying present mercury accumulation data as long-term validation of a mathematical evaluation. Past and present bioaccumulation data was aiso related to environmental contamination using a predator specie Dicentrarchus labrax and a demersal fish Pomatoschistus microps. Biota submitted to diflerent levels of mercury accumulation in surface sediments enhanced bioaccumulation factors strlctiy dependlng on the surface sediments granulometry. Mercury concenlrafion ln biota showed relatively high levels of mercury ln juvenile fish captured ciose to lhe most contaminated area (near mercury discharge) indicating a bioaccumulation process refiecting environmental ccntamination. Encompassing all data, final conclusions presented the evaluation picture of past, present, and future trends of mercury bioaccumulation and mercury dynamios in an estuarine coastal system: Ria de Aveiro a case study.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade de Aveiropor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectBiologiapor
dc.subjectEcossistemas lagunares: Ria de Aveiropor
dc.subjectPoluição da águapor
dc.subjectMercúrio (Metal): Toxicidadepor
dc.subjectBioacumulaçãopor
dc.titleBioacumulação e dinâmica de mercúrio em ecossistemas lagunares costeirospor
dc.typedoctoralThesispor
thesis.degree.leveldoutoramentopor
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropor
dc.identifier.tid101172940-
Appears in Collections:DBio - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento
Ria de Aveiro - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
240588.pdf27.69 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.