Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/33468
Title: Alimentação e demência: contributos para a validação da Edinburgh Feeding Evaluation in Dementia e da Feeding Skills Checklist
Author: Passos, Lígia Maria Rocha
Advisor: Figueiredo, Daniela Maria Pias de
Tavares, João Paulo de Almeida
Keywords: Demência
Institucionalização
Dificuldades de alimentação
Práticas alimentares
Instrumentos de avaliação
Validade de conteúdo
Consistência interna
Fiabilidade
Defense Date: 21-Apr-2020
Abstract: Enquadramento: O envelhecimento está associado ao surgimento e progressão das condições crónico-degenerativas como a demência. Em fases avançadas, a pessoa com demência pode desenvolver dificuldades alimentares e, diante desse quadro, sociedades científicas internacionais não recomendam o uso de sondas para a alimentação entérica, e sugerem privilegiar a alimentação oral e cuidadosa. A avaliação da dificuldade alimentar, considerando fatores intrapessoais, interpessoais e ambientais, é o primeiro passo para uma intervenção adequada. A Edinburgh Feeding Evaluation in Dementia Scale (EdFED) é um instrumento de avaliação das dificuldades alimentares da pessoa idosa com demência e a Feeding Skills Checklist (FSC) verifica as competências de funcionários de instituições de cuidados a longo prazo em termos de assistência aos residentes no momento das refeições. Objetivo: Este estudo teve como objetivo geral contribuir para a adaptação e validação da EdFED e da FSC para a população portuguesa. Pretendeu-se também analisar algumas propriedades psicométricas, a consistência interna e fiabilidade inter-observadores, e também caracterizar as práticas de alimentação pela análise da relação entre as variáveis sociodemográficas dos participantes e os resultados da EdFED e FSC. Metodologia: Trata-se de um estudo observacional, transversal, exploratório-descritivo, com abordagem quantitativa. Inicialmente procedeu-se à tradução, adaptação cultural e linguística e validação dos instrumentos, com recurso a painel de peritos e cálculo do índice de validade de conteúdo (IVC). Em seguida os instrumentos foram aplicados em dois grupos distintos, (1) pessoas idosas com demência institucionalizadas e (2) auxiliares de ação direta. A consistência interna foi avaliada pelo alfa de Cronbach, e a fiabilidade inter-observadores pelo kappa de Cohen. Os dados foram analisados com recurso à estatística descritiva e inferencial. Resultados: A amostra foi constituída por 51 participantes no grupo 1, com idade média de 86,06±6,77 anos, 86,2% do género feminino. No grupo 2 foram 23 participantes, todos do género feminino, com idade média de 44,73±10,42 anos. Os resultados evidenciaram excelente validade de conteúdo dos dois instrumentos, com IVC de 0,950 para a EdFED e 0,937 para a FSC. A EdFED apresentou razoável consistência interna (alfa de Cronbach = 0,705). Ambos os instrumentos apresentaram fiabilidade inter-observadores bastante satisfatórias, com kappa de Cohen = 0,882 para a EdFED e 0,844 para a FSC. Apenas a variável tempo de profissão e a dimensão ambiente da FSC, apresentaram uma correlação positiva e moderada (rs = 0,435; p = 0,038). Conclusão: Os principais resultados sugerem que as versões portuguesas da EdFED e da FSC são instrumentos fidedignos e válidos que permitem avaliar as dificuldades alimentares de pessoas idosas com demência institucionalizadas, e também as competências de cuidadores ao fornecer assistência na hora das refeições.
Background: Aging is associated with the emergence and progression of chronic-degenerative conditions such as dementia. In advanced stages, the person with dementia may develop eating difficulties and, for these situations, international scientific societies do not recommend tube feeding, and suggest giving preference to oral and careful feeding. The assessment of eating difficulties, considering intrapersonal, interpersonal and environmental factors, is the first step towards an adequate intervention. The Edinburgh Feeding Evaluation in Dementia Scale (EdFED) is an instrument for assessing the eating difficulties of older people with dementia and the Feeding Skills Checklist (FSC) verifies the skills of caregivers by assisting residents at mealtime. Objectives: This study aimed to contribute to the adaptation and validation of EdFED and FSC for the Portuguese population. Moreover, the study aimed to analyze some psychometric properties, internal consistency and inter-observer reliability, and also to characterize eating and feeding practices by analyzing the relationship between the participants' sociodemographic variables and the results of EdFED and FSC. Methods: An observational, cross-sectional, exploratory-descriptive study, with a quantitative approach, was conducted. Initially, translation, cultural and linguistic adaptation and validation of both instruments were performed, using an expert’s panel and calculation of the content validity index (CVI). Then the instruments were applied in two distinct groups, (1) institutionalized older people with dementia and (2) direct action assistants. Internal consistency was assessed by Cronbach's alpha, and inter-observer reliability by Cohen's kappa. The data were analyzed using descriptive and inferential statistics. Results: The sample consisted of 51 participants in group 1, with 86.2% being female, with an average age of 86.06±6.77 years. In group 2 there were 23 participants, all female, with an average age of 44.73±10.42 years. The results showed excellent content validity, with CVI of 0.950 for EdFED and 0.937 for FSC. EdFED showed reasonable internal consistency (Cronbach's alpha = 0.705). Both instruments showed very satisfactory inter-observer reliability, with Cohen's kappa = 0.882 for EdFED and 0.844 for FSC. Only the time of profession variable and the FSC environment dimension, showed a positive and moderate correlation (rs = 0.435; p = 0.038). Conclusion: The main results suggest that the Portuguese versions of EdFED and FSC are reliable and valid instruments that allow assessing the eating difficulties of institutionalized older people with dementia and also the skills of caregivers when providing assistance at mealtimes.
URI: http://hdl.handle.net/10773/33468
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DEP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Ligia_Passos.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.