Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/31758
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLousada, Marisa Lobopt_PT
dc.contributor.advisorMartins, Fátima Alexandrina Mendespt_PT
dc.contributor.authorCrespo, Raquel Andresa Passarinhopt_PT
dc.date.accessioned2021-08-02T08:04:02Z-
dc.date.available2021-08-02T08:04:02Z-
dc.date.issued2021-07-22-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/31758-
dc.description.abstractEnquadramento: A intervenção em sintaxe, à semelhança de nos restantes domínios da linguagem, deverá ser baseada na evidência, de modo a garantir a eficácia e a eficiência do tratamento. Contudo, não são conhecidos programas de intervenção específicos em sintaxe destinados a crianças em idade escolar, validados para o Português Europeu (PE), o que condiciona a atuação do Terapeuta da Fala (TF). Objetivo: O presente estudo tem como objetivo desenvolver e validar o segundo nível de um Programa de Intervenção no Domínio Sintático (PROsyntax), destinado a crianças em idade escolar que apresentem um comprometimento ao nível da sintaxe. Metodologia: O estudo, que apresenta um caráter exploratório e descritivo de natureza transversal, comporta duas fases: Fase 1 – Desenvolvimento do PROsyntax – Nível II; Fase 2 – Validação do programa. O processo de validação do programa (Fase 2) incluiu a realização de um estudo de validação de conteúdo (Fase 2.1) e de um estudo piloto de aceitabilidade (Fase 2.2). A validação de conteúdo (Fase 2.1) foi realizada por um Painel de Peritos composto por seis TF com experiência clínica no domínio em questão, tendo a recolha de dados sido efetuada com recurso a um questionário sociodemográfico e a um questionário de análise de conteúdo. O grau de concordância inter- avaliadores foi determinado através do cálculo do Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e as sugestões apresentadas pelos peritos foram analisadas com recurso à Análise de Conteúdo. No estudo piloto de aceitabilidade (Fase 2.2), participaram 10 crianças em idade escolar, falantes do Português Europeu (PE) e com desenvolvimento linguístico típico. Os dados, que foram recolhidos através de um questionário sociodemográfico e de um questionário de aceitabilidade, foram analisados à luz da estatística descritiva. Resultados: O IVC global obtido no estudo de validação de conteúdo foi de 0,97. Na análise de conteúdo efetuada às sugestões dos peritos identificaram-se três categorias: Instruções Gerais de Aplicação, Reforço e Anexos do Programa. Em relação ao estudo piloto de aceitabilidade, todas as crianças (100%; n=10) mencionaram que apreciariam repetir a aplicação do programa e que gostaram não só de participar como também dos materiais usados, da história apresentada e de todas as atividades realizadas. Noventa por cento das crianças (n=9) referiram ter compreendido todas as instruções. Conclusões: Conclui-se que o conteúdo do Nível II do PROsyntax é válido e que o programa apresenta boas caraterísticas de aceitabilidade por parte de crianças em idade escolar com desenvolvimento típico. Estudos futuros deverão analisar os efeitos do programa em crianças com Perturbação da Linguagem (PL).pt_PT
dc.description.abstractBackground: The intervention in syntax, similarity to others linguistic domains, shall be based on evidence to ensure treatment effectiveness and efficiency. However, to the best of our knowledge, there are no specific syntax intervention programs, validated to European Portuguese, designed to school age children, which influence the performance of Speech and Language Therapists (SLT). Aim: The current study aims to develop and validate the second level of a Syntax Intervention Program (PROsyntax), targeting school age children with syntax difficulties. Methods: This study, that is characterized as exploratory, cross-sectional, and descriptive, includes two phases: Phase 1 - Development of the PROsyntax – Level II; Phase 2 – Validation of the program. In Phase 2.1 a content validation study was conducted and in Phase 2.2 a pilot acceptability study was performed. The content validation (Phase 2.1) was carried out through an Expert Panel composed by six SLT with clinical experience in the domain. The data collection was carried out through a sociodemographic questionnaire and a content analyses questionnaire. The inter-rate agreement was calculated using the Content Validity Index (CVI). The suggestions of the experts were analyzed using Content Analyses. For the pilot acceptability study (Phase 2.2), 10 school aged children, native speakers of European Portuguese with typical language development were recruited. The data collection was carried out through a sociodemographic questionnaire and an acceptability questionnaire. Descriptive statistic was used to analyze the data. Results: The global CVI obtained in the content validation study was 0,97. Through the content analysis made to the experts’ suggestions, three categories were identified: General Application Instructions, Reinforcement and Program Attachments. Regarding the pilot acceptability study, all children (100%; n=10) would appreciate repeating the program activities and enjoyed not only participating but also the materials used, the story presented and all the activities done. Ninety percent (n=9) of the children reported having understood all the instructions. Conclusions: It is possible to conclude that the content of the PROsyntax – Level II is valid and that the program presents good acceptability for school aged children with typical language development. Future research should analyze the effects of the program on children with language disorder.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectSintaxept_PT
dc.subjectIntervençãopt_PT
dc.subjectPerturbações da Linguagempt_PT
dc.titleDesenvolvimento e validação de um programa de intervenção no domínio sintático: nível IIpt_PT
dc.title.alternativeDevelopment and validation of a syntax intervention program: Level IIpt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt_PT
dc.description.masterMestrado em Terapia da Falapt_PT
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
ESSUA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Raquel_Crespo.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.