Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/30704
Title: Psicologia da performance: contributos para a sua introdução no currículo do ensino artístico especializado de música em Portugal
Author: Silva, Catarina de Andrade
Advisor: Santana, Helena
Pereira, Anabela Sousa
Keywords: Ansiedade na performance musical
Adolescentes
Psicologia da performance
Programa de intervenção
Abordagem didática
Defense Date: 21-Jul-2020
Abstract: Um dos desafios com que todos os músicos se deparam durante a sua formação e vida profissional é a ansiedade na performance musical (APM). Esta condição é inerente à profissão e pertence ao grupo de doenças que mais afeta os músicos, pelo que urge uma intervenção. Quando não se dispõe de estratégias para mitigar ou neutralizar as suas manifestações, a APM reflete-se negativamente no desempenho performativo, podendo até levar à desistência de uma carreira musical. Por forma a agir preventivamente a este problema e a potenciar o conforto e o desempenho performativos dos estudantes de música, futuros profissionais, propôs-se explorar a eficácia e os benefícios que resultariam de uma unidade curricular (UC) que se ocupasse exclusivamente desta matéria. Assim, desenvolveu-se, implementou-se e avaliou-se um programa de intervenção sob a forma de uma UC (Psicologia da Performance), criada especificamente para este efeito e que se dedicou à gestão de APM, promovendo, consequentemente, o bem-estar e a autonomia dos alunos, bem como o seu sucesso musical e escolar. Os resultados mostraram uma redução muito significativa dos níveis de APM e um aumento do bem-estar geral dos elementos do grupo experimental, alunos do ensino secundário artístico especializado de música, podendo-se confirmar a eficácia do presente programa. Espera-se ter contribuído para clarificar a necessidade e urgência de abordar esta temática ainda durante a formação dos alunos de música nos conservatórios, por forma a que, num futuro próximo, possa ser introduzida uma UC de Psicologia da Performance na oferta curricular obrigatória.
One of the challenges that all musicians face during their training and professional life is music performance anxiety (MPA). This condition belongs to the group of diseases that most affects musicians, so an intervention is urgent. In the absence of strategies to cope with MPA, the performance quality is negatively affected, which may even lead to the abandonment of a musical career. In order to relieve suffering from MPA and enhance the performance quality of high school music students, this study explored the effectiveness and benefits of a school subject dedicated exclusively to MPA management. Thus, an intervention program was developed, implemented, and evaluated under the school subject “Performance Psychology”, specifically created for this purpose. One hypothesized that it would also promote well-being and the autonomy of the students, as well as their musical and school success. The results showed a very significant reduction in MPA levels and an increase of general well-being in the experimental group. One may conclude that this program was effective. Hopefully, this study contributed to clarify the need and urgency to address this topic during the high school music training, so that, in the near future, the subject of Performance Psychology can be introduced in the main music curricula.
URI: http://hdl.handle.net/10773/30704
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DeCA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Catarina_Silva.pdf5.21 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.