Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10773/30673
Título: Towards and effective change: a reflection about the past, present and future of environmental education
Outros títulos: Rumo a uma mudança efetiva: uma reflexão sobre o passado, presente e futuro da educação ambiental
Autor: Conceição, Ana Lúcia Ferreira Santos Silva da
Orientador: Soares, Amadeu
Matos, Marlene Alexandra Veloso de
Palavras-chave: Environmental education
Evaluation
Wellbeing
Ecosystem services
Intervention
Data de Defesa: 27-Jan-2021
Resumo: Global environmental changes, including climate change, constitute a broad and complex challenge that requires multi-level and multidisciplinary approaches. Going beyond the sphere of scientific research, global environmental changes need to be addressed by all sectors of society, with public engagement being essential. Environmental education was idealized as a holistic and interdisciplinary lifelong process that should be an important part of every citizen’s life, promoting an active and informed engagement of individuals and communities in environmental issues. Nevertheless, through time, environmental education has drifted away from its core principles and guidelines, becoming a narrowed version of itself. Several factors have been contributing to the shortcoming of environmental education, including low levels of integration with communities. Thus, this thesis aims to provide and intervention methodology that will contribute for a stronger and transversal integration of environmental education in society, strengthening the connection to social and health areas. This multidisciplinary vision allows for a broader approach of the socioecological system that comprehends the way through which individuals and communities interact with nature. The first study corresponds to a systematic review that reflects the state of the art regarding the impact of nature-based interventions in overall human wellbeing. Twenty-six studies reporting the benefits of nature to human wellbeing (physical, social and psychological) were included. Despite the existence of methodological limitations that require results to be interpreted with caution, it was concluded that the already existent evidence sustains the beneficial role of nature for human overall wellbeing. The second study assesses the impact of a nature-based holistic development methodology aimed at promoting domestic violence victims’ wellbeing. Project CarryOn – Ecosystem services and their role in domestic violence victims’ support processes encompassed environmental educations’ holistic and interdisciplinary character, and its high potential as a resource for social intervention. This project aimed to promote domestic violence victims’ wellbeing, but also to raise awareness to the importance of nature to human wellbeing, contributing to strengthen the link between individuals and nature. The results reported several significant improvements in the victims’ wellbeing, including improved overall life quality, psychological adjustment and selfesteem. These results support the claim that nature should be an integral part of promotional, restorative and therapeutic processes. Connecting with nature appears to be essential to ensure access to its benefits and for the development of pro-environmental behaviors. Therefore, 9 assessing levels of nature connection is quite important. Nature relatedness scale proved to be a suitable instrument, assessing three dimensions of the individual’s connection with nature (self, perspective and experience). This scale was applied in Project CarryOn, though not yet validated for the Portuguese population. In order to address the lack of an instrument to evaluate nature connection validated for the Portuguese population, the validation study of the nature relatedness scale was performed. This study showed a good adjustment of the proposed models for both forms of the scale (full and short). Despite the positive and noteworthy contributes, environmental education’s potential has not yet been fully explored. A greater awareness of the importance of nature to human wellbeing may be a determinant factor to the adoption of pro-environmental behaviors and to nature conservation support. Thus, the integration of environmental education in social and health interventions can be beneficial for all stakeholders, allowing it to reach society as whole and enhancing the bond between individuals/communities and nature. This socio-ecological approach may also be the key to renew environmental education’s public trust and support, clarifying its importance and usefulness.
As alterações ambientais globais, incluindo as alterações climáticas, constituem um desafio amplo e complexo que requer abordagens multiníveis e multidisciplinares. Indo além da esfera da pesquisa científica, as alterações ambientais globais precisam ser abordadas por todos os setores da sociedade, sendo essencial o envolvimento do público. A educação ambiental, idealizada como um processo contínuo, holístico e interdisciplinar, foi perspetivada como um importante pilar na promoção da sustentabilidade e na superação dos desafios ambientais. No entanto, ao longo do tempo, desviou-se dos seus princípios e linhas-guia, tornando-se uma versão reduzida de si mesma. Vários fatores têm vindo a contribuir para esta situação, incluindo baixos níveis de integração com as comunidades. Esta tese visa assim providenciar uma metodologia de intervenção promotora de uma integração transversal da educação ambiental na sociedade, reforçando a ligação às áreas social e de saúde. Através desta visão multidisciplinar, é estabelecida uma abordagem abrangente e compreensiva do sistema socio ecológico que integra a forma como indivíduos e comunidades interagem com o meio natural. O primeiro estudo apresentado corresponde a uma revisão sistemática que reflete o estado da arte sobre o impacto de intervenções baseadas na natureza no bem-estar humano. Foram incluídos 26 estudos que reportam diversos benefícios da natureza para o bem-estar humano (físico, social e psicológico). Apesar de limitações metodológicas que impõem uma interpretação cautelosa dos resultados, concluiu-se que as evidências já existentes apoiam o papel benéfico dos ambientes naturais para o bem-estar geral dos seres humanos. O segundo estudo reporta o impacto de uma metodologia de desenvolvimento holística, baseada no recurso aos serviços dos ecossistemas naturais, direcionada para a promoção do bem-estar de vítimas de violência doméstica. O Projeto CarryOn - Serviços de ecossistemas e seu papel nos processos de apoio às vítimas de violência doméstica foi desenvolvido tendo em conta o carácter holístico e interdisciplinar da educação ambiental, assim como o seu importante papel na esfera da intervenção social. Este projeto visou promover o bem-estar de vítimas de violências doméstica, assim como consciencializar para a importância da natureza para o bem-estar humano, fortalecendo a ligação entre indivíduos e natureza. Os resultados obtidos mostraram mudanças positivas em diversas dimensões do bem-estar das vítimas participantes, incluindo qualidade de vida em geral, ajustamento psicológico e autoestima. Estes resultados apoiam 7 o argumento de que a natureza deveria ser um recurso integrante de processos promocionais, restaurativos e terapêuticos. A conexão com a natureza parece ser essencial para garantir o acesso aos seus benefícios e para o desenvolvimento de comportamentos próambientais. Portanto, avaliar os níveis de conexão da natureza reveste-se de elevada importância. Dos vários instrumentos analisados, a Nature relatedness scale provou ser um instrumento adequado, avaliando três dimensões da conexão do indivíduo com a natureza (self, perspetiva e experiência). Este instrumento foi aplicado no processo de avaliação do Projeto CarryOn, embora não se encontrasse validado para a população portuguesa. De modo a colmatar esta lacuna, foi realizado o estudo de validação da Nature relatedness scale para a população portuguesa. Este estudo mostrou um bom ajustamento dos modelos propostos para ambas as versões (completa e curta) da escala original. Apesar das importantes contribuições dadas, o potencial da educação ambiental ainda não foi totalmente explorado. Uma maior consciência da importância da natureza para o bem-estar humano pode ser um fator determinante para a adoção de comportamentos pró-ambientais e apoio à conservação da natureza. Assim, a integração da educação ambiental em intervenções sociais e na área da saúde torna-se benéfico para todos os envolvidos. Permite que a educação ambiental alcance a sociedade como um todo, dando importantes contributos para a vida comunitária e individual, reforçando o elo entre comunidades/indivíduos e natureza. Uma abordagem socioecológica pode também ser um meio para renovar a confiança e o apoio público na educação ambiental, clarificando a sua importância e utilidade.
URI: http://hdl.handle.net/10773/30673
Aparece nas coleções: UA - Teses de doutoramento
DBio - Teses de doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Documento_Ana_Conceição.pdf2.69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.