Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/30265
Title: Política para integração das TIC no currículo em Angola: um estudo nas escolas públicas do II ciclo do ensino secundário do Namibe
Author: Bunga, Santana Paulo Sango
Advisor: Mendes, António Neto
Paxe, Isaac Pedro Vieira
Keywords: Políticas educativas
TIC
Ensino secundário
Namibe
Angola
Defense Date: 3-Dec-2020
Abstract: A integração das tecnologias de informação e comunicação na educação faz parte de um conjunto de medidas de políticas educativas e é invocada, frequentemente, quer no âmbito político quer académico, como sendo uma ação que desencadeará transformações a vários níveis e inovação no campo educativo. O presente trabalho de investigação teve como objetivo desenvolver um estudo sobre políticas de integração das Tecnologias de Informação e Comunicação no currículo das escolas públicas do segundo ciclo do ensino secundário do Namibe – Angola. De modo particular, pretendeu-se analisar o discurso político-normativo emanado nos documentos oficiais, as medidas e ações operacionais desencadeadas pelo poder executivo e as transformações resultantes desses processos em contexto educativo. Na fundamentação teórica, entre outros aspetos abordados, realça-se, no âmbito da reforma e inovação educativa, que a crença na transformação da realidade educativa com base no plano das orientações para a ação, ou seja, em decretos, constitui uma das marcas clássicas que caracterizam o setor da educação. Se, por um lado, é importante legislar de modo a apontar caminhos para a ação, deve, por outro lado, ter-se a consciência da complexidade do respetivo processo, na medida em que as mudanças decretadas não garantem a sua implementação. Relativamente à metodologia, importa salientar que, tendo em conta a natureza do estudo, se elegeu o estudo de caso de índole exploratória como estratégia de pesquisa, sustentada em técnica de análise de conteúdo, bem como a estatística descritiva para tratamento dos dados obtidos por intermédio da análise documental, entrevistas e questionários, como técnica/instrumento de recolha de dados. A par da criação/construção de salas/laboratórios de informática e o respetivo apetrechamento, bem como a capacitação de professores para o respetivo uso e a disponibilidade de serviços de internet, mobilizados para o desenvolvimento da iniciativa política para integração das TIC nos planos de estudos das escolas secundárias do Namibe, a análise dos resultados evidencia a existência de descontinuidades e assimetrias em termos de investimentos, o que indica que o processo de integração das TIC no plano de estudo das escolas analisadas não tem sido fomentado de forma sistemática, o que vem pondo em causa a eficácia da respetiva iniciativa. Entre as fragilidades verificadas, destacam-se: a falta de um documento específico de diretrizes para a operacionalização e a concretização da respetiva iniciativa ao nível das escolas do Ensino Secundário; escassez de recursos financeiros para apoiar a integração efetiva das TIC nos planos de estudo das escolas analisadas – com consequência direta quer na capacitação contínua dos professores quer na aquisição, manutenção, reposição e atualização dos recursos tecnológicos –, aliada à falta de projetos para articular as TIC e a pedagogia ao nível das escolas envolvidas no estudo. Entre outras fragilidades, as mencionadas constituem-se, por um lado, como obstáculos que inviabilizam o impacto e, consequentemente, as transformações pretendidas para o alcance dos objetivos em relação ao novo figurino de formação de profissionais no âmbito das estratégias de implementação das políticas TIC delineadas nos planos de estudo. Por outro lado, os respetivos obstáculos podem comprometer o conjunto de investimentos já efetuados e posicionar a maioria das escolas como atrasadas, tendo em conta o estado de regressão em que se encontram.
The integration of information and communication technologies in education is part of a set of educational policy measures and is often invoked, both in the political and academic spheres, as an action that will trigger transformations at various levels and innovation in the educational field. This research work aimed to develop a study on policies for integrating Information and Communication Technologies in the curriculum of public schools in the second cycle of secondary education in Namibe - Angola. In particular, it aimed to analyze the political-normative discourse emanating from official documents, the operational measures and actions triggered by the executive power and the transformations resulting from these processes in the educational context. In the theoretical basis, among other aspects addressed, it is emphasized, in the scope of educational reform and innovation, that the belief in the transformation of the educational reality based on the plan of guidelines for action, that is, in decrees, constitutes one of the classic marks that characterize the education sector. If, on the one hand, it is important to legislate in such a way as to point out paths for action, one must, on the other hand, be aware of the complexity of the respective process, to the extent that the changes decreed do not guarantee its implementation. With regard to methodology, it is important to point out that, taking into account the nature of the study, the exploratory case study has been chosen as a research strategy, supported by a content analysis technique, as well as descriptive statistics for the treatment of data obtained through document analysis, questionnaires and interviews, as a data collection technique. Along with the creation/construction of computer rooms/laboratories and their respective equipment, as well as the training of teachers for their use and the availability of internet services mobilized for the development of the political initiative for the integration of ICT in the study plans of secondary schools in Namibe, the analysis of the results highlights the existence of discontinuities and asymmetries in terms of investment, which indicates that the process of integrating ICT into the study plan of the schools analyzed has not been systematically fostered, which is calling into question the effectiveness of the respective initiative. Among the weaknesses observed we find: the lack of a specific document of guidelines for the operationalization and implementation of the respective initiative at the level of Secondary Education in schools; lack of financial resources to support the effective integration of ICT in the study plans of the schools analyzed – with a direct consequence both in the continuous training of teachers and in the acquisition, maintenance, replacement and updating of technological resources – allied to the lack of projects to articulate ICT and pedagogy at the level of the schools involved in the study. Among other weaknesses, those mentioned are, on the one hand, obstacles that make the impact and, consequently, the intended transformations to reach objectives that seem impossible in relation to the new training of professionals within the strategies for implementing ICT policies outlined in the study plans, and, on the other hand, the respective obstacles may compromise the set of investments already made and position most schools as lagging behind, considering the state of regression they are in.
URI: http://hdl.handle.net/10773/30265
Appears in Collections:UA - Teses de doutoramento
DEP - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Santana_Bunga.pdf3.52 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.