Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/30019
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorEstima, Ana Cristina Furão Telespt_PT
dc.contributor.authorRamos, Maria Inês Nunespt_PT
dc.date.accessioned2020-12-11T19:10:56Z-
dc.date.available2020-12-11T19:10:56Z-
dc.date.issued2019-07-05-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/30019-
dc.description.abstractNa era em que mais se sente a influência da tecnologia nas relações interpessoais e em que a Internet domina as comunicações, torna-se incontornável analisar a forma como os meios de comunicação social estão a acusar essas transformações. O presente trabalho de investigação, pretende fazer uma prospeção do que será o futuro das publicações impressas em Portugal, particularmente dos jornais, procurando sobretudo a resposta à questão: vão os jornais digitais suprir por completo a necessidade de existirem jornais em papel? A partir da revisão da literatura deste tema, apresenta-se uma proposta de Plano de Marketing, para a versão digital do Jornal ‘O Ilhavense’, uma publicação local do Município de Ílhavo, com 97 anos. Em termos metodológicos, utilizaram-se os dados presentes no estado de arte sobre a situação atual da imprensa em Portugal e da sua relação com os novos média, nomeadamente com os jornais digitais. Construiu-se um Plano de Marketing e, na fase final, acrescentou-se um Plano Operacional, como forma de reação ao encerramento da empresa. Devido a restruturações na empresa durante o período de estudo, não foi possível colocar o plano em prática, mas a nova direção terá acesso ao resultado deste trabalho, podendo recorrer-se dele, no futuro, caso seja sua pretensão, assim como outra empresa detentora de um jornal local, com características semelhantes. Com este estudo foi possível perceber que ainda não é possível estabelecer uma data para o fim da imprensa, tanto em Portugal como no resto do mundo. Também foi possível concluir que as publicações impressas que não criarem uma versão digital serão as mais afetadas e as mais sujeitas a terminar. A maioria dos casos de sucesso é de publicações que tiveram a capacidade de se reinventarem e moldarem, não só a sua estrutura e os seus conteúdos, como também os seus modelos de negócio, às novas necessidades de mercado e consumo de informação.pt_PT
dc.description.abstractWe are living the era when the influence of technology is most felt in human relationships and where the Internet dominates communications, so it becomes imperative to analyze how the media are accusing these transformations. This research paper intends to prospect about the future of print publications in Portugal, particularly newspapers, looking for the answer to the question: will digital newspapers completely fill the need for printed newspapers? From the review of the literature on this theme, a proposal for a Marketing Plan for the digital version of the newspaper 'O Ilhavense', a local publication of the Municipality of Ílhavo, with 97 years, is presented. In methodological terms, the data present in the state of art were used on the current press situation in Portugal and its relationship with the new media, especially with digital newspapers. A Marketing Plan was built and, in the final phase, an Operational Plan was added as a form of reaction to the closure of the company. Due to restructuring in the company during the study period, it was not possible to put the plan into practice, but the new managers will have access to the result of this work, so they can be able to resort to it in the future, if they feel like it, as well as another holding company of a local newspaper, with similar characteristics. With this study it was possible to realize that it is not possible to establish a date for the end of the press, yet, both in Portugal and in the rest of the world. It was also possible to conclude that printed publications that do not create a digital version will be the most affected and the most subject to be finished. Most success stories are publications that have been able to reinvent themselves and shaped not only their structure and content, but also their business models, to the new market needs and information consumption.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectComportamento do consumidorpt_PT
dc.subjectFuturo da imprensapt_PT
dc.subjectJornais impressospt_PT
dc.subjectJornaispt_PT
dc.subjectImprensapt_PT
dc.subjectNovos médiapt_PT
dc.subjectMorte da imprensapt_PT
dc.titleO futuro da imprensa escrita e os novos média : plano de marketing para o jornal ‘O Ilhavense’pt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt_PT
dc.description.masterMestrado em Marketingpt_PT
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
ISCA-UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_MariaRamos.pdf1.13 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.