Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/29743
Title: The speech sound system in awake brain surgery: a phonological and articulatory evaluation
Other Titles: Os sons da fala em cirurgia cerebral acordada: avaliação fonológica e articulatória
Author: Alves, Joana Patrícia Gomes
Advisor: Jesus, Luis
Keywords: Awake brain surgery
Low-grade gliomas
Phonology;
Articulation
Language
Speech
Evaluation
Defense Date: 18-Dec-2019
Abstract: An adequate evaluation of language and speech during an awake brain surgery has functional implications that can affect the quality of life of oncologic patients. In Portugal, there is a lack of standardised and validated tools to conduct this type of evaluation. To address this need, this study seeks to adapt the phonological and articulatory tasks of the Dutch Linguistic Intraoperative Protocol (DuLIP) into European Portuguese, while also contributing toward its standardisation. To achieve this, the support of a multidisciplinary team was required. After adapting the stimuli, a normative study was conducted in a group of 144 healthy individuals. The impact that the age, gender and years of schooling of these individuals had on the adapted tasks was measured. Calculations were made to examine if attention and memorisation levels correlate with the phonological odd word out task. Only tasks with a hit rate higher than 90% were included in the final version of the tool. The years of schooling had a significant influence in the phonological fluency task (p<.001) and the gender also had a significant impact in the word repetition task (p=.002). This is an innovative study in Portugal because it is one of the first contributions to the standardisation of a tool that can be used during an awake brain surgery. However, additional steps are required before this tool can be used in the clinical practice.
Uma avaliação adequada da fala e linguagem em cirurgia cerebral acordada tem implicações funcionais que se repercutem na qualidade de vida do paciente oncológico. Em Portugal, não são conhecidos instrumentos padronizados e validados para a avaliação destas competências em cirurgia cerebral acordada. Para colmatar essa necessidade, este estudo visa adaptar ao Português Europeu as provas dos domínios fonológico e articulatório do Dutch Linguistic Intraoperative Protocol (DuLIP) e contribuir para a sua padronização. Em todo o processo foi fundamental o apoio de uma equipa multidisciplinar. Após a adaptação dos estímulos, um estudo normativo foi realizado num grupo de 144 indivíduos saudáveis. Foram estudados os efeitos da idade, género e nível de escolaridade nas tarefas adaptadas. Foram efetuados cálculos para medir a correlação entre as capacidades de atenção e memorização e a prova de identificação do intruso fonológico. Apenas as tarefas que apresentaram uma percentagem de acerto superior a 90% foram mantidas na versão final do instrumento. O nível de escolaridade exerceu influência sobre a prova de fluência fonológica (p<.001) e o género sobre a prova de repetição (p=.002). Este é um estudo inovador, pois constitui parte integrante da primeira contribuição para a padronização de um instrumento a ser utilizado em cirurgia cerebral acordada em Portugal. Salvaguarda-se a necessidade de cumprir outras etapas para a sua utilização clínica.
URI: http://hdl.handle.net/10773/29743
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
ESSUA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento Joana_Alves.pdf804.55 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.