Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/29647
Title: Productizing a mobile application: participatory design and development
Other Titles: Produtização de uma aplicação móvel: design participativo e desenvolvimento
Author: Oliveira, Leonardo Rafael Miranda
Advisor: Gomes, Diogo Nuno Pereira
Mealha, Óscar
Keywords: UX, co-design, scalability, cloud computing, mobile app, book.
Co-design
Scalability
Cloud computing
Mobile app
Book
Defense Date: Jul-2019
Abstract: The advent of smartphones changed the way we communicate and collaborate. During the last years mobile applications have experienced an exponential growth, representing new technological challenges that require effective solutions. The internet has plenty of information about building applications, but many aspects are ignored or simplified to present a simple solution to who is starting. The construction of a prototype is relatively straightforward, but there are several challenges faced when building an application with higher standards. Considering the target audience, does it meet the user needs? Is it easy to use? Knowing that it can potentially be downloaded by a growing number of users, is it scalable? What is the right deployment? How to handle frequent updates? These are some of the questions that nourished the research agenda in this dissertation. It starts from an idea for a mobile application and goes through some of the aspects to consider when conceiving and transforming that application in a product ready to be delivered to the customers, available in the Google Play Store or Apple App Store. Thus, this document reports on all the steps that were followed during this project, regarding aspects mainly related to the design, development and deployment stages. The beta version of the app is currently available in the Play Store, with more than 300 users registered. It is expected that the application is sufficiently representative of the challenges it involves, so the co-design and development process could be adapted to other applications. Hopefully, the ideas discussed here can be an example of what might be the problems to keep in mind when starting to develop an application, what might be the solutions for these problems and what will be the mistakes to avoid. The future work includes the necessary improvements to reach the version 1.0 and the further exploration of some topics, such as gamification and A/B testing to improve the user interface and optimize the user experience.
O advento dos smartphones mudou a forma como comunicamos e colaboramos. Durante os últimos anos houve um aumento exponencial de aplicações móveis, representando novos desafios tecnológicos que exigem soluções eficazes. A internet está repleta de informação sobre a criação de aplicações, mas muitos aspetos são ignorados ou simplificados para apresentar uma solução simples para quem está a começar. A construção de um protótipo é relativamente simples, mas há diversos desafios a enfrentar quando se constrói uma aplicação com padrões mais elevados. Tendo em conta o público-alvo, será que vai ao encontro das suas necessidades? Será fácil de utilizar? Sabendo que potencialmente será instalada por um número crescente de utilizadores, será que é escalável? Qual será o deployment adequado? Como lidar com atualizações frequentes? Estas são algumas das questões que guiaram o plano de trabalhos desta dissertação. O documento parte de uma ideia para uma aplicação móvel e aborda os diversos aspetos a ter em consideração na conceção e transformação dessa aplicação num produto pronto para ser disponibilizado aos utilizadores, na Google Play Store ou na Apple App Store. Nesse sentido, este documento reporta todas as decisões tomadas durante este projeto, principalmente no que respeita a aspetos relacionados com as fases de design, desenvolvimento e deployment. A versão beta está atualmente disponível na Play Store, com mais de 300 utilizadores registados. Espera-se que a aplicação seja suficientemente representativa nos desafios que envolve, pelo que o processo de design participativo e respetivo desenvolvimento poderá ser adaptado a outras aplicações. Espera-se ainda que as ideias aqui discutidas possam servir de exemplo quanto ao que poderão ser os problemas a ter em conta quando se começa a desenvolver uma aplicação, quais poderão ser as soluções para esses problemas e quais serão os erros a evitar. O trabalho futuro inclui as melhorias necessárias até à versão 1.0 e a exploração mais detalhada de alguns tópicos, tais como gamificação e A/B testing, de modo a melhorar a interface e otimizar a experiência de utilização.
URI: http://hdl.handle.net/10773/29647
Appears in Collections:DETI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento_Leonardo_Oliveira.pdf19.25 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.