Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/28569
Title: Vídeos produzidos por utilizadores no Brasil e em Portugal: produção e consumo
Author: Motta, Manuela Lang
Advisor: Antunes, Maria João
Keywords: Conteúdo gerado pelos utilizadores
Vídeos gerados por utilizadores
Produção
Consumo
Motivação
Defense Date: Oct-2019
Abstract: A prática da produção de conteúdos pelos utilizadores é generalizada a nível global, e por isso, consolidada. Nota-se ainda o destaque para a produção de um tipo específico desses conteúdos, os vídeos. Por essa razão, é interessante compreender se a produção desses vídeos é semelhante entre utilizadores de diferentes nacionalidades, bem como é pertinente saber se há peculiaridades no consumo destes materiais em diferentes países. A presente dissertação propõe-se a compreender os processos de produção e de consumo de vídeos gerados pelos utilizadores no Brasil e em Portugal. Para isto foi desenvolvido um paralelo entre utilizadores na faixa etária de 18 a 28 anos nos dois contextos em estudo: Brasil e Portugal. De natureza exploratória, a investigação faz uma revisão bibliográfica para resgatar o contexto que possibilitou os conteúdos gerados pelos utilizadores (CGU), além de apresentar suas conceituações, tipologias e os fatores motivacionais que incentivam esta prática. Como proposto pelo estudo, os vídeos gerados pelos utilizadores, uma das tipologias de CGU, têm destaque no enquadramento teórico. Paralelo a isso, a fase empírica do estudo utilizou a técnica de observação não-participante, tanto para a predefinição dos participantes do estudo, quanto para a recolha de seus dados, e posteriormente, fez uso do inquérito por questionário para obter e verificar informações dos produtores de conteúdo. A partir da análise dos dados obtidos é possível ter conhecimento do panorama das produções de vídeos gerados pelos utilizadores no Brasil e em Portugal, compreendendo que existem muitas semelhanças no processo de produção dos brasileiros e portugueses. Embora existam distinções pontuais entre esses processos de produção que, na sua maioria, podem ser atribuídos pelo movimento de profissionalização instaurado, com mais vigor, entre os brasileiros. Utilizadores dos dois países afirmaram que são motivados por fatores intrínsecos e extrínsecos, no entanto se percebe que os portugueses possuem motivações mais conectadas ao senso de coletivo, ao contrário dos brasileiros. Para além disso, foi possível concluir que o estudo não verificou tendências de consumo de vídeos gerados pelos utilizadores, e sim, indícios de prováveis tendências de consumo, os quais se apresentam de forma homogênea entre brasileiros e portugueses.
The practice of content production by users is widespread, and so consolidated. It´s also possible to notice that the highlight is the production of a specific type of content, videos. For this reason, it´s interesting to understand if the production of these videos is similar between users of different nationalities, and it´s pertinent to know if there are peculiarities in the consumption of these materials in different countries. This dissertation aims to understand the processes of production and consumption of user-generated videos in Brazil and Portugal. For this a parallel was developed between users aged 18 to 28 years in the two contexts under study: Brazil and Portugal. Of exploratory nature, the research makes a bibliographic review to understand the context that allowed the user generated contents (UGC), besides presenting their conceptualizations, typologies and the motivational factors that encourage this practice. As proposed by the study, user-generated videos, one of the UGC typologies, stand out in the theoretical framework. Parallel to this, the empirical phase of the study used the nonparticipant observation technique, both for the pre-definition of the study participants, and for the collection of their data, and subsequently made use of the questionnaire survey to obtain and verify information from content producers. Based on the analysis of the data obtained, it´s possible to know the panorama of user-generated video productions in Brazil and Portugal, understanding that there are many similarities in the production process of brazilians and portuguese. Althought there are specific distinctions between these production processes that, for the most part, can be attributed by the movement of professionalization, established with more vigor, among brazilians. Users of both countries stated that they are motivated by intrinsic and extrinsic factors, however it´s clear that the portuguese have motivations more connected to the collective sense, unlike the brazilians. In addition, it was concluded that the study did not verify consumption trends of user-generated videos, but evidence of likely consumption trends, which are homogeneous between brazilians and portuguese.
URI: http://hdl.handle.net/10773/28569
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DeCA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Manuela Lang Motta.pdf3.88 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.