Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/28015
Title: Characterization of pollinator and plant communities of the University of Aveiro: first step towards sustainable management
Other Titles: Caracterização das comunidades de polinizadores e plantas da Universidade de Aveiro: primeiro passo para uma gestão sustentável
Author: Alves, David da Silva
Advisor: Ameixa, Olga Maria Correia Chitas
Maia, Paula Alexandra Aquino
Keywords: Urban green spaces
Insect
Plants
Pollinators
University of Aveiro Campi
Defense Date: 2019
Abstract: The creation of urban green spaces is one way to mitigate the impact of the human population and cities. Despite the benefits that urban green spaces have, these spaces are subject to constant disturbance, allowing only the survival of species that are adapted to such conditions. Proper management of these spaces is one of the ways to optimize and preserve their potential biodiversity and ecosystem services. The University of Aveiro Campi has several habitats that are subject to these disturbances. Thus, arose the need to characterize each habitat, namely the relationships between plants and insect pollinators, in order to provide a baseline for the elaboration of appropriate management plans to improve these habitats and its biodiversity. The main objective of this study was to characterize the plant and insect pollinator communities of three habitats of the University of Aveiro: the seminatural meadow of the Campus Universitário de Santiago, the salt pan of Santiago da Fonte and the artificial “pseudo-dune” formation of ECOMARE. As a secondary objective, this study aimed to analyse the threats of the three sampled habitats and provide possible management measures that could allow an improvement and a better conservation of these habitats and ecosystem services. We sampled 156 plant species and 194 insect species, in which 92 (47.4%) were classified as pollinators. The semi-natural meadow presented a greater floristic richness, as well as of insect pollinators. In this habitat, it was observed that of the 170 insect species found here, 43 showed preference for a specific group of plant species. The sampled habitats harbour distinct plant and insect pollinator communities, and several associations between insect and plant species, especially in the semi-natural meadow. As suggestions for sustainable management, we highlight the need to control invasive plants, as they pose a threat to local biodiversity, as well as to mow the vegetation in a heterogeneous manner, maintaining high vegetation mosaics with the permanence of flowering species, as well as places for egg deposition and shelter.
A criação de espaços verdes urbanos é uma das formas de mitigar o impacto da população humana e das cidades. Apesar dos benefícios que os prados verdes urbanos possam trazer, estes locais estão sujeitos a constantes perturbações, que apenas permite a sobrevivência de espécies que estejam adaptadas a tais condições. Uma gestão correta destes espaços é uma das formas de otimizar e preservar a sua biodiversidade potencial e os serviços de ecossistema. Os Campi da Universidade de Aveiro albergam diversos habitats que estão sujeitos essas perturbações. Assim, surgiu a necessidade de caracterizar cada habitat, nomeadamente as relações entre as plantas e os insetos polinizadores, de forma a providenciar uma base para a elaboração de planos de gestão adequados ao melhoramento destes habitats e da sua biodiversidade. Este estudo teve como objectivo principal a caracterização do elenco florístico e da comunidade de insetos polinizadores de três habitats da Universidade de Aveiro: o prado seminatural do Campus Universitário de Santiago, as salinas Santiago da Fonte e a formação artificial “pseudo-dunar” do ECOMARE. Como objectivo secundário, este estudo pretendeu analisar as ameaças aos três habitats e fornecer possíveis medidas de gestão que permitiram um melhoramento e uma melhor conservação destes habitats e dos serviços de ecossistema. Foram amostradas 156 espécies de plantas e 194 espécies de insetos, nos quais 92 (47.4%) foram classificadas como polinizadores. O prado seminatural apresentou uma maior riqueza florística, bem como de insetos polinizadores. Neste habitat, foi observado que das 170 espécies de insetos aqui encontrados, 43 demonstravam preferência por um grupo exclusivo de espécies de plantas. Os habitats estudados albergam comunidades de plantas e de insetos polinizadores distintas entre si, sendo que, alguns insetos demonstraram uma preferência por algumas espécies de plantas, especialmente no prado seminatural. Como sugestões de gestão sustentável, são realçadas a necessidade de controlar as plantas invasoras, pela ameaça que estas colocam à biodiversidade local, bem como realizar o corte da vegetação de forma heterogénea, mantendo mosaicos de vegetação alta com permanência de espécies em floração, bem como locais de abrigo e postura.
URI: http://hdl.handle.net/10773/28015
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
David_Alves_2019.pdf4.55 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.