Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/27929
Title: Impacto dos incentivos nas empresas portuguesas
Author: Joaquim, Joana Isabel Rodrigues
Advisor: Madaleno, Mara Teresa da Silva
Keywords: Sistemas de incentivos
Subsídios
Fundos União Europeia
PME
Investimento
Crescimento
Evolução económica
Defense Date: 13-Dec-2019
Abstract: O presente trabalho propõe-se analisar o efeito dos sistemas de incentivos ao investimento na situação financeira das PME em Portugal, utilizando um conjunto de 1018 empresas. Foram recolhidos dados da situação pré e pós projeto para estabelecer uma comparação entre a situação das empresas antes de recorrerem ao Sistema de Incentivos e depois. Foi utilizada uma metodologia de dados em painel para perceber como se comportam as empresas financeiramente antes e após o apoio do Sistema de Incentivos. De acordo com a literatura utilizada na pesquisa para este estudo, a maioria dos autores estima que os resultados da utilização de incentivos não se refletem na situação económica e financeira das empresas. Este estudo evidencia conclusões contrárias. O uso de incentivos influencia os resultados das empresas, proporcionando algum crescimento sustentado. Existem melhorias evidentes na passagem dos anos pré-incentivo para os do pós-incentivo. As empresas que se candidataram ao incentivo em 2015 parecem ter alcançado melhores resultados em termos de rácios financeiros na pós-candidatura, face às empresas que se candidataram em 2014. A intensidade exportadora não tem um efeito significativo no ROE e o valor que as empresas efetivamente recebem conduzem à diminuição do ROA na amostra de 2014. Já para as empresas que recorreram ao SI em 2015, a intensidade de endividamento apresenta um efeito negativo em ROE e ROA, mas os resultados indiciam que a intensidade de investimento influencia positivamente o ROA e o crescimento das vendas. A análise mostra que as empresas que se encontravam em pior situação financeira no pré incentivo parecem conseguir melhorar os seus resultados no período pós incentivo, mostrando a importância do SI na continuidade e sobrevivência das empresas no mercado
This paper aims to analyze the effect of investment incentive systems on the financial situation of SMEs in Portugal, using a set of 1018 companies. Pre- and post-incentive situation data were collected to compare the situation of companies before using the Incentive Scheme and afterwards. A panel data methodology was used to understand how companies behave financially before and after the Incentive System support. According to the literature used in the research for this study, most authors think that the results of using incentives are not reflected in the economic and financial situation of companies. This study proves just the opposite. The use of incentives influences business results, providing some sustained growth. There are obvious improvements in the transition from pre-incentive to post-incentive years. Companies applying for the incentive in 2015 appear to have achieved better results in terms of post-application financial ratios compared to companies applying in 2014. Export intensity does not have a significant effect on ROE and the value that companies actually have from receivables lead to a decrease in ROA in the 2014 sample. For companies that resorted to SI in 2015, debt intensity has a negative effect on ROE and ROA, but the results indicate that investment intensity positively influences ROA and sales growth. The analysis shows that companies that were worse off in the preincentive period seem to be able to improve their post-incentive results, showing the importance of SI in the continuity and survival of companies in the market
URI: http://hdl.handle.net/10773/27929
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf1.55 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.