Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/27383
Title: Comportamento de retornos e volatilidade em empresas europeias ligadas ao setor da energia
Author: Matos, Sara da Silva
Advisor: Madaleno, Mara Teresa da Silva
Keywords: Empresas Europeias
Mercado de Ações Energético
Minimal Spanning Tree
Modelos GARCH
Retornos
Volatilidade
Defense Date: 2019
Abstract: A análise dos retornos e da volatilidade no mercado financeiro constitui um papel importante na construção e gestão de carteiras. Em particular, o mercado de ações de empresas ligadas ao setor de energia é caracterizado pelos seus elevados retornos mas também pela forte volatilidade. O presente trabalho propõem uma análise a este tipo de mercados, com o intuito de criar uma ferramenta útil para uma melhor compreensão da relação entre retornos e volatilidades. No contexto deste mercado, a análise da relação risco-retorno de empresas europeias é relevante uma vez que, tanto quanto foi possível apurar, a literatura sobre o mercado energético nesta temática é escassa. Neste trabalho estudámos a série temporal das cotações de fecho de 18 empresas europeias ligadas ao setor da energia, por um período de dez anos, entre 2008 e 2018. Foram também utilizadas as cotações de fecho dos mercados a que cada empresa pertence, bem como os preços do petróleo e gás natural. Para analisar a relação entre as ações das empresas em estudo foi utilizado o método do Minimal Spanning Tree. Recorrendo aos modelos GARCH, nomeadamente os modelos GARCH-M, EGARCH e TGARCH, foi realizada uma análise de questões como o impacto dos mercados e de mercadorias como o petróleo e gás natural nas ações das empresas e o comportamento da volatilidade. Primeiramente, através da análise da correlação dos retornos das empresas, os resultados revelam que as empresas Engie e OMV e as empresas ENI S.p.A e Total possivelmente promovem dinâmicas de cooperação, nomeadamente, clustering. Os resultados também revelam que as empresas Iberdrola, Total S.A. e OMV constituem um papel essencial na rede, como elemento de ligação e influência que pode coordenar a informação entre as ações das empresas. Em segundo lugar, os resultados dos modelos tipo GARCH sugerem que o mercado influencia positivamente os retornos das ações de todas as empresas. Já a influência do petróleo é positiva nas empresas BP, ENI S.p.A, E.ON SE, Equinor, ASA, Galp, Repsol, RWE, Royal Dutch Shell, Total S.A., Tullow, Électricité de France e OMV, e negativa nas empresas Iberdrola e National Grid. Contudo a influência dos preços do gás sobre as empresas não foi muito relevante. Por último, verifica-se o efeito alavancagem em duas empresas, Hera e Galp, revelando que choques negativos nos retornos destas empresas produzem menor volatilidade do que choques positivos. Estudar a volatilidade permite ao investidor perceber os riscos incorridos ao investir no mercado de ações de empresas do setor da energia e ajuda na capacidade de fornecer bons rendimentos, sendo assim relevante para os investidores no mercado e às empresas que tomam conhecimento dos riscos e rentabilidades envolvidos na transação.
The analysis of the return and volatility in the financial market plays an important role in the construction and management of the financial portfolios. In particular, the energy stock market is characterized by its high returns, but also by its strong volatility. The present paper proposes an analysis of this type of market, in order to create a useful tool for a better understanding of the relationship between returns and volatilities. In the context of this market, the analysis of the risk-return relationship in the European companies is relevant, once, as far as it was possible to be ascertained, the literature on the energy market is scarce. In this paper we studied the time series of the closing price stock value of 18 European companies on the energy sector, over a period of ten years, between 2008 and 2018. We also used the closing prices of the markets that those companies belong to, as well as the prices of oil and natural gas. In order to analyze the relationship between the companies’ stocks in the study, the Minimal Spanning Tree Method was used. By using the GARCH models, such as the GARCH-M, EGARCH and TGARCH models, an analysis of issues such as the impact of stock market and the influence of goods as oil and natural gas on companies’ stocks was made and we also did an analysis of the behavior of the volatility. Firstly, through the analysis of the correlations of companies’ returns, the results show that companies like Engie and OMV, ENI S.p.A and Total possibly promote cooperation dynamics, namely clustering. The results also show that Iberdrola, Total S.A and OMV companies play an essential role in the network as an element of linkage and influence that can coordinate the information between the companies’ stocks. Secondly, the results of the GARCH-type models suggest that the market has a positive influence on the stock return of all firms. On the other hand, the influence of oil is positive in companies like BP, ENI SpA, E.ON SE, Equinor, ASA, Galp, Repsol, RWE, Royal Dutch Shell, Total SA, Tullow, Électricité de France and OMV, and negative in Iberdrola and National Grid companies. However, the influence of natural gas prices on these companies was not very relevant. Finally, the leverage effect is verified in two companies, Hera and Galp, revealing that negative shocks in these companies’ returns have a lower volatility than positive shocks. Studying volatility allows an investor to understand the risks incurred by investing in the stock market of energy companies and helps in the capacity to provide good returns and is therefore relevant to market investors and companies that are aware of the risks and returns involved in the transaction.
URI: http://hdl.handle.net/10773/27383
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
documento.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.