Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/26865
Title: Educação para a cidadania global e sensibilização à diversidade linguística nos primeiros anos de escolaridade
Author: Cintrão, Ana Catarina Caldeira
Advisor: Martins, Filomena Rosinda de Oliveira
Keywords: Educação global
Cidadania global
Sensibilização à diversidade linguística
Competência comunicativa
Comércio justo
Defense Date: 2-Jan-2019
Abstract: Este estudo visou compreender de que forma se pode desenvolver um projeto em contexto educativo articulando questões globais (comércio justo e diversidade linguística), conteúdos curriculares e estratégias de sensibilização à diversidade linguística e perceber quais os seus contributos para o desenvolvimento dos alunos e do percurso pessoal e profissional da professora em formação. Neste sentido, concebemos e implementámos o projeto de intervenção didática intitulado “Juntos, aprendemos e ensinamos a ver o nosso mundo!”. O projeto teve a duração de seis sessões e decorreu numa escola do distrito de Aveiro. A metodologia utilizada é de cariz qualitativo, com caraterísticas de tipo investigação-ação, pelo que os instrumentos de recolha de dados utilizados foram a observação direta e participante, a videogravação e a transcrição das interações ocorridas durante as sessões, bem como as fichas de final de sessão dos alunos. Os dados recolhidos foram analisados e submetidos a uma análise de conteúdo. A análise dos dados permite concluir que o projeto teve efeitos significativos ao nível do desenvolvimento dos conhecimentos dos alunos nas diversas áreas que compõem o currículo, assim como sobre diversas questões globais como o caso do comércio justo, o trabalho infantil, as desigualdades sociais e a diversidade linguística. O projeto propiciou aos alunos momentos de reflexão, questionamento, curiosidade e desenvolvimento do sentir empático em relação aos Outros, às suas línguas e ao próprio mundo. Os resultados permitem-nos inferir que as atividades promovidas despertaram as crianças para uma nova visão do mundo (global e interdependente) compreendendo que as suas ações podem ajudar à resolução de alguns problemas globais. Para além disso, os dados indiciam nos alunos uma atitude de maior abertura às línguas e o desenvolvimento da sua cultura linguística
This study aims to understand how people can develop a project within an educational context by joining together global issues (fair trade and linguistic diversity), curricular contents and strategies to raise awareness towards linguistic diversity as well as to notice its contribution not only concerning the pupils` development but also the personal and professional path of the teacher who is under training. Having this in mind, we have conceived and implemented the educational intervention project called “Together we learn and teach how to see our world.” The project lasted six sessions and took place in a school in the district of Aveiro. The used methodology is of qualitative nature assuming features of the research-action kind. That`s why the data collection tools were direct and participating observation, video recording and transcription of the interactions that occurred during the sessions as well as worksheets filled in by the students at the end of the lesson. The collected data was analysed and subjected to content analysis. The data analysis led us to the conclusion that the project had significant effects regarding the development of pupils` knowledge among the several fields that make part of the curriculum as well as upon several global issues such as fair trade, child labour, social inequalities and upon the involved languages. The project favoured the pupils with moments of reflection, questioning, curiosity and development concerning the feeling of empathy towards the Others, towards their languages and towards the world itself. The results allow us to infer that the promoted activities have awaken the children to a new vision of the world (global and independent), helping them to understand that their actions can help solve some of the global problems. Besides that, the data show that pupils have become much more open-minded towards languages and the development of their own linguistic culture
URI: http://hdl.handle.net/10773/26865
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf11.38 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.