Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/26724
Title: Innovation and supply chain management: strategies, capabilities, and the effect of fit on business performance
Other Titles: Inovação e gestão da cadeia de abastecimento: estratégias, capacidades e o efeito do alinhamento sobre o desempenho das empresas
Author: Zimmermann, Ricardo Augusto
Advisor: Ferreira, Luís Miguel Domingues Fernandes
Moreira, António Carrizo
Keywords: Innovation
Supply chain management
Innovation capabilities
Supply chain strategies
Fit
Business performance
Defense Date: 25-Jun-2019
Abstract: Innovation and supply chain management are two topics of great importance in the academic world and present great potential to generate sustainable competitive advantage for firms. If, on one hand, innovation allow the creation of new products and services and the improvement of business processes, helping to achieve new markets, an adequate management of the supply chain is fundamental for the improvement of the services provided to clients and for the achievement of better operational and financial performance. The relationship between innovation and supply chain management has gained importance in the last years and has been addressed in two different approaches: the importance of collaboration among supply chain partners to innovation; and the relationship between the two processes or areas within firms, which is the least explored and is the target of the present research. As a way to contribute to the development of knowledge regarding the relationship between innovation and supply chain management, the main objective of this thesis is, using the concept of fit as a basis, examine how supply chain strategies affect the relationship between innovation capabilities and business performance. The study is developed under a positivist paradigm and under the lens of the Resource-based View (RBV). To test the research hypotheses, formulated from the developed theoretical model, a survey was conduct on firms from Portugal and Brazil, with a total of 329 responses, and data were analysed by means of statistical methods, especially cluster analysis, one-way analysis of variance (ANOVA), linear regression, hierarchical regression and structural equation modelling. Results show differences in the antecedents of the adoption of the different supply chain strategies; confirm the impact of innovation capabilities on business performance; and indicates the moderator effect of supply chain strategies on the relationship between innovation capabilities and business performance. The study contributes in a variety of ways to theory, especially by means of the creation of a theory regarding the impact of supply chain strategies on the relationship between innovation capabilities and business performance and on the antecedents and consequences of the adoption of different supply chain strategies. The results also contribute to practice, providing references to decision making regarding the choice of the right capacities and strategies to be developed and adopted by firms according to internal and external requirements.
Inovação e gestão da cadeia de abastecimento são temas de grande importância e que apresentam elevado potencial para geração de diferencial competitivo sustentável para as empresas. Se, por um lado, a inovação permite a criação de novos produtos ou serviços e o alcance de novos mercados, uma gestão adequada da cadeia de abastecimento revela-se fundamental para a entrega dos produtos e serviços prestados aos clientes e para a obtenção de melhores resultados operacionais e financeiros pelas empresas. A relação entre inovação e gestão da cadeia de abastecimento, que ganhou muita importância nos meios acadêmico e empresarial nos últimos anos, tem sido estudada com dois diferentes enfoques: a relação das empresas com os seus parceiros de cadeia de abastecimento com vista à inovação; e a relação entre os dois processos ou áreas dentro das empresas, sendo este último o menos explorado e o alvo da presente investigação. De forma a contribuir para o desenvolvimento do conhecimento relativamente à relação entre inovação e gestão das cadeias de abastecimento, esta investigação tem como principal objetivo, usando como base o conceito de fit, estudar como as estratégias de gestão das cadeias de abastecimento afetam a relação entre as capacidades de inovação e o desempenho dos negócios das empresas. O estudo segue um paradigma positivista e utiliza a visão baseada em recursos (RBV) como principal teoria de base. Para testar as hipóteses da investigação, formuladas a partir do modelo teórico desenvolvido, um questionário foi aplicado a empresas de Portugal e do Brasil, tendo sido obtidas 329 respostas, e os dados foram analisados com recurso a métodos estatísticos, com destaque para a aplicação de análise de clusters, análise de variância (ANOVA), regressão linear, regressão hierárquica e análise de equações estruturais. As análises realizadas demonstram as diferenças na aplicação e nos resultados relativamente à adoção das estratégias de gestão da cadeia de abastecimento; confirmam o impacto das capacidades de inovação sobre o desempenho das empresas; e comprovam o efeito moderador das estratégias de gestão das cadeias de abastecimento sobre esta relação. O estudo apresenta contribuições para o meio académico, por meio da criação de uma modelo teórico sobre o impacto das estratégias de gestão das cadeias de abastecimento na relação entre as capacidades de inovação e o desempenho das empresas; e para a prática, fornecendo referências para a tomada de decisão relativamente à definição de estratégias e capacidades a desenvolver.
URI: http://hdl.handle.net/10773/26724
Appears in Collections:DEGEIT - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
documento.pdf2.65 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.