Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/26154
Title: Investigação e reflexão colaborativas e desenvolvimento profissional: a didáctica da escrita na aula de inglês
Author: Castro, Maria Margarida da Costa
Advisor: Sousa, Maria de Lurdes Ferreira Cabral de
Defense Date: 2000
Abstract: O presente estudo, inscrito na área do desenvolvimento profissional dos professores de língua estrangeira no domínio da escrita processual, realizou-se no contexto da prática pedagógica dos alunosestagiários das licenciaturas em Português-Inglês da Universidade dos Açores. Aplicou-se uma metodologia de formação de tipo ecléctico - a ‘investigação e reflexão colaborativas’ - constituída por um conjunto variado de estratégias (seminários, investigação-acção, supervisão clínica e autoscopia reflexiva) e relações interpessoais (supervisão entre pares e colaborativa e colaboração intra e interinstitucional) com vista ao desenvolvimento profissional dos professores-estagiários, concebido como construção de conhecimento (do conteúdo e pedagógico do conteúdo escrita), aquisição de competências (transformação, ensino e reflexão) e desenvolvimento de atitudes (colaboração, espírito investigativo). O estudo visava (1) investigar a relação entre esta abordagem de supervisão, inscrita nos paradigmas de formação de tipo reflexivo/didáctico, investigativo e colaborativo, e o desenvolvimento profissional do professor e (2) contribuir para a compreensão de aspectos da mesma que promovem o desenvolvimento profissional do professor-estagiário. Para tal, colocaram-se as seguintes questões: Será que a investigação e a reflexão colaborativas promovem no professorestagiário (1) - o conhecimento do conteúdo escrita? (2) - o conhecimento didáctico/ pedagógico do conteúdo escrita? (3) - as competências promotoras desse conhecimento pedagógico do conteúdo (a transformação, o ensino e a reflexão)? (4) - atitudes facilitadoras do conhecimento pedagógico do conteúdo escrita (a colaboração e o espírito investigativo)? (5) Se sim, de que modo: quais as formas de relacionamento interpessoal e/ ou estratégias de formação que contribuem para essa ‘nova compreensão’? Adoptou-se uma metodologia de investigação inserida num paradigma qualitativo, interpretativo: o estudo multi-caso de um núcleo de estágio, integrando três professoras. Os dados foram recolhidos através de questionários, entrevistas semi-directivas, observação directa (de aulas) e participante (nas várias sessões de trabalho), bem como através de análise documental, sendo, posteriormente, submetidos a procedimentos de análise do conteúdo. Os resultados obtidos indicam algum impacto da metodologia de formação no desenvolvimento profissional das professoras-estagiárias e indiciam que esta influência se ficou a dever, essencialmente, à articulação das diferentes estratégias e relações interpessoais promovidas. Sugerem, também, que este impacto varia de professora para professora consoante o seu conhecimento do conteúdo, as suas crenças e opiniões e aspectos atitudinais.
This is a study in the field of teacher learning - how to teach process writing - with an emphasis on the development of teachers’ understanding of their subject matter, in foreign language teacher education. It describes the professional development of three pre-service Azorean teachers during their practicum. These teachers were submitted to an eclectic teacher education strategy - ‘colllaborative reflection and inquiry’. This consisted of a multiple-activities approach to teacher preparation (seminars, action-research, clinical supervision and reflective autoscopy) implemented at different levels of interpersonal relationships (collaborative supervision, peer supervision, intra and interagency collaboration). The purpose of this holistic strategy was to promote the professional development conceived as growth and change in knowledge, skills and dispositions. This study aimed to inquire (1) into the relationship between the above mentioned, reflexive, inquiry-oriented and collaborative supervisory approach and the professional development of teachers and (2) into the way these strategies and personal relationships promoted it. In order to fulfil these aims, we asked the following research questions: (1) Does ‘collaborative reflection and inquiry’ enhance the trainee teachers’ content knowledge? (2) Does it promote the teachers’ pedagogical content knowledge? (3) Does it promote the skills that generate pedagogical content knowledge: transformation, instruction and reflection? (4) Does it promote dispositions that enhance pedagogical content knowledge: a commitment to inquiry and a collaborative stance? (5) If so, in what way: what specific strategies and/ or interpersonal relationships contribute to this ‘new comprehension?’ Within a qualitative -interpretative paradigm of research, the methodology used was a multiple-case study, which included three cases. Data collection procedures included questionnaires and semistructured interviews, direct and participant-observation and documentation analysis. These descriptive data were then submitted to qualitative data analyses, namely content analysis procedures. Results suggest that the teachers involved in the study changed their knowledge, skills and dispositions and that these changes were due to the integrated approach to supervision. There is also some evidence that the teachers’ content knowledge (or lack of it), their beliefs and dispositions affect the way they learn to teach.
URI: http://hdl.handle.net/10773/26154
Appears in Collections:DLC - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
229.pdf11.3 MBAdobe PDFrestrictedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.