Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/26127
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorModolo, Regina Célia Espinosapt_PT
dc.contributor.advisorTarelho, Luís António da Cruzpt_PT
dc.contributor.authorMartins, Carlos Eduardo Machadopt_PT
dc.date.accessioned2019-05-28T14:40:11Z-
dc.date.available2019-05-28T14:40:11Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/26127-
dc.description.abstractO Rio Grande do Sul é o estado mais ao sul do Brasil. É um estado de formação geológica, ambiental e climática diferente, em muitos aspectos, dos muitos estados da federação, com estações mais definidas, inverno frio e verão de temperaturas altas. Possui uma grande extensão e uma elevada quantidade de terras disponíveis para exploração com atividades econômicas. Entre as atividades que fazem uso da terra algumas se destacam, como sejam a atividade florestal e a cultura do arroz, inseridas no agronegócio. Este trabalho faz um levantamento da produção e do potencial energético de alguns dos subprodutos e dos resíduos destas atividades, abordando métodos de combustão, valores e volumes de produção no Rio Grande do Sul e, em determinados momentos, no Brasil em geral e também em Portugal. Este trabalho pretende ainda conhecer as boas práticas energéticas de Portugal como um possível exemplo de aplicação no Estado do RS, revendo instrumentos legais e dados semelhantes, como sejam volumes de produção e conversão das fontes de biomassa em insumo energético com potencial para suprir as demandas atuais e futuras, através de uma fonte renovável mais equilibrada para auxiliar na descarbonização da economia.pt_PT
dc.description.abstractThe State of Rio Grande do Sul is the southernmost state in Brazil. It is a State of geological, environmental and climatic formation different in many respects from the other States of the federation, with more defined seasons, cold winter and high summer temperatures. It has a great extension and a high amount of land available for exploration with economic activities. Among the activities using land, some standout, such as the forest activity and the rice cultivation, inserted in the agribusiness. This work examines the production and energy potential of some by-products and wastes in these activities, addressing combustion methods, values and production volumes in Rio Grande do Sul and, in some circumstances, in Brazil as a whole and also in Portugal. This work also intends to know the good energy practices of Portugal as a possible example for application in the State of Rio Grande do Sul. In this sense, it will review legal instruments and similar data, such as production volumes and conversion of biomass sources into an energy input with the potential to meet the current energy demands, through a more balanced renewable source to help decarbonise the economy.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectRio Grande do Sulpt_PT
dc.subjectDescarbonizaçãopt_PT
dc.subjectPotencial energéticopt_PT
dc.subjectBiomassapt_PT
dc.titleBiomassa: o potencial do Rio Grande do Sulpt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt_PT
dc.description.masterMestrado em Gestão e Políticas Ambientaispt_PT
Appears in Collections:DAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
documento.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.