Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25904
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMoura, Ana Pinto dept_PT
dc.contributor.authorPata, Arminda Maria Ribaupt_PT
dc.date.accessioned2019-05-03T15:17:55Z-
dc.date.available2019-05-03T15:17:55Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/25904-
dc.description.abstractNo planeamento e organização do trabalho dos recursos humanos, um dos maiores problemas, consiste em associar os indivíduos aos postos de trabalho mais apropriados, tendo em consideração as características individuais que definem e caraterizam ambos. Face às alterações demográficas (e.g., maior esperança de vida, baixa natalidade), a maior força de trabalho terá propensão a permanecer durante mais tempo nas organizações. Assim, distribuir o trabalho pelos recursos humanos de maneira a asseverar a sua saúde, segurança e qualidade de vida, é essencial para proporcionar-lhes um envelhecimento ativo e garantir a produtividade nas organizações. Manter no ativo os recursos humanos mais velhos é fundamental para assegurar a sustentabilidade da sociedade e do sistema nacional de aposentações. Para isso, é necessário direcionar a tomada de decisões de acordo com as características desta nova força de trabalho, um novo desafio para gestores e investigadores. Este trabalho engloba a integração de alguns problemas decorrentes de três áreas de investigação distintas, tais como, (1) investigação operacional, (2) ergonomia e (3) saúde a segurança no trabalho. Com vista à tomada de decisão para preenchimento de horários individuais de trabalho, consideram-se os seguintes problemas: (I) seleção dos recursos humanos com contributo em cada estação de trabalho; (II) afetação das estações de trabalho mais apropriadas a cada recurso humano; (III) monitorização da exposição dos recursos humanos nas fontes com potencial para concretizar danos de lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho; (IV) distribuição da carga de trabalho de acordo com a exposição individual nas fontes das lesões; (V) e elaboração dos horários individuais de trabalho. Tendo em conta os problemas apresentados, o trabalho desenvolveu-se com base nas seguintes fases: (1) desenvolvimento de um modelo teórico com a integração de condicionamentos inerentes aos recursos organizacionais na fase de distribuição do trabalho; (2) desenvolvimento de dois modelos de programação linear inteira, para resolver problemas de programação integrada de horários e recursos organizacionais (PPIHRO); (3) dada a complexidade e singularidade dos problemas em selecionar e fixar a afetação mais apropriada dos recursos organizacionais, num período do horário de trabalho, foram desenvolvidas abordagens heurísticas. Os problemas apresentados integram algumas condições humanas individuais dos recursos humanos (e.g., competências profissionais, capacidade de adaptação ao trabalho, horas de exposição acumulada em situações de risco e uso de partes do corpo), bem como alguns requisitos organizacionais referentes a cada estação de trabalho (e.g., número de postos de trabalho, tempo limite de exposição nos perigos ou fatores de risco de cada estação de trabalho, períodos de realização do trabalho, duração das tarefas). 0 contributo do problema em estudo é um sistema de apoio à decisão, que permite auxiliar a elaboração dos horários de trabalho, minimizando possíveis lesões músculo-esqueléticas e otimizando o aproveitamento dos recursos humanos afetos a cada estação de trabalho. Os algoritmos propostos, incluem um conjunto de fatores essenciais à afetação do trabalho aos recursos humanos e à monitorização de hipotéticas lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho, em contexto laboral.pt_PT
dc.description.abstractIn the planning and organization of the work of human resources, one of the biggest problems consist in associate the individuals to the most appropriate work posts, taking into account the individual characteristics that define both. Given the demographic change (e.g., longer life expectancy, low birth rates), largest workforce will probable to stay longer in organizations. So, distribute the work by the human resources in order to ensure their health, safety and quality of life, it is essential to provide them with an active aging and ensure productivity in organizations. Keep in the active the older human resources, is essential to ensure the sustainability of society and national retirement system. Therefore, it is necessary to direct decision-making in accordance with the characteristics of this new workforce, a new challenge for researchers and managers. This work includes the integration of some problems arising from three distinct areas of research, such as, (1) operations research, (2) ergonomics and (3) health safety at work. With view to decision making to fill individual work schedules, was considerate the following problems: (I) selection of human resources with contribution at each workstation; (II) allocation of workstations most appropriate for each human resource; (III) monitoring exposure of human resources in sources with potential to achieve WMSDs; (IV) distribution of the workload according to the individual exposure in the sources of injuries; and (V) development of individual work schedules. Taking into account the problems presented, the work was developed on the basis of the following phases: (1) development of one theoretical model with the integration of constraints inherent by organizational resources in the process distributing of work; (2) development of two integer linear programming models, to resolve the problem of integrated scheduling and organizational resources (PISOR); (3) given the complexity and individuality of the problems in selecting and fixing the affectation most appropriate to one period of work schedule, heuristic approaches have been developed. The problems presented integrate some individual human conditions of human resources (e.g., professional skills, adaptability to work, hours of cumulative exposure in risk situations and use of body parts), as well, integrates some organizational requirements, by each workstation (e.g., number of work posts, display timeout in danger or risk factors for each workstation, periods of carrying out the work, duration of tasks). The contribution of the problem under study is a decision support system, that permit aid the development of work schedules, minimizing possible musculoskeletal injuries and optimizing the use of human resources affect at each workstation. The proposed algorithms, include a number of key factors to the work allocation to human resources and monitoring hypothetical of WMSDs, in employment context.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectSistemas de apoio à decisãopt_PT
dc.subjectProblemas de afetação e sequenciamentopt_PT
dc.subjectProblema de elaboração de horáriospt_PT
dc.subjectAvaliação de riscos de lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT)pt_PT
dc.subjectAbordagens heurísticaspt_PT
dc.subjectMetaheurísticaspt_PT
dc.titleSistema de apoio à decisão para a programação de horários de trabalho com a exposição equilibrada nas fontes de LMERTpt_PT
dc.typedoctoralThesispt_PT
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt_PT
dc.identifier.tid101431058-
dc.description.doctoralPrograma Doutoral em Engenharia e Gestão Industrialpt_PT
Appears in Collections:DEGEIT - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PDEGI_UA_ArmindaPata_2017.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.