Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25379
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCoelho, Carlos Daniel Borgespt_PT
dc.contributor.authorLima, Pedro Miguel Tavares dept_PT
dc.date.accessioned2019-02-21T09:56:58Z-
dc.date.available2019-02-21T09:56:58Z-
dc.date.issued2019-01-14-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/25379-
dc.description.abstractA Directiva 2007/60/CE de 27 de Outubro obrigou os Estados-Membros da União Europeia a elaborar e apresentar cartas de zonas inundáveis e de riscos de inundação até Dezembro de 2013, de forma a promover uma melhor gestão da ocorrência de fenómenos cheia, nomeadamente em áreas urbanas, tentando assim criar soluções e medidas que minimizem o impacto e as consequências da sua ocorrência, quer ao nível de danos materiais, mas sobretudo de vidas humanas. O objectivo deste trabalho é tentar perceber de que modo é feita a avaliação da vulnerabilidade e risco de cheia urbana na cidade de Aveiro. Aveiro é uma região bastante particular, que reúne vários tipos de água (doce e salgada) e morfologias, possuindo uma zona costeira e uma zona lagunar, bem como a elevada influência do Rio Vouga e seus afluentes. A conjugação destas características complexifica a análise do comportamento da região de Aveiro. Procedeu-se ao levantamento dos factores com maior influência na avaliação da vulnerabilidade e risco de cheias urbanas, recorrendo à análise de 5 métodos distintos. A ocupação do solo, a densidade populacional, a precipitação e os caudais de ponta foram os parâmetros transversais presentes em mais métodos, atribuindo-se-lhes por isso importância acrescida na avaliação dos fenómenos de cheias urbanas. Foi realizado o levantamento histórico (temporal e espacial) das cheias mais relevantes que surgiram na cidade de Aveiro, sobretudo durante o século XX, tentando-se determinar a sua origem ou principal causa (Ria de Aveiro, marés, pluviosidade). A instalação do sistema de eclusas e comportas em 1985 teve uma influência significativa no controlo do nível da água da Ria de Aveiro, tendo sido encontrados menos eventos de cheias qualificadas de grande dimensão após esse marco histórico. A caracterização pluviométrica e hidrográfica do local permitiu estimar a grandeza dos caudais de ponta dessa região urbana, que foi, para várias entidades e projectos, o factor mais relevante para a modelação dos seus mapas das zonas inundáveis. Percebeu-se ainda que a zona baixa da cidade é uma área mais vulnerável, não só pela sua proximidade à Ria de Aveiro e baixa topografia, mas também devido à elevada concentração de pessoas e infra-estruturas, como o património cultural que nesta região se encontrapt_PT
dc.description.abstractThe Directive 2007/60/EC, 27th October, demanded European Union Member States to elaborate and present flood areas and flood risk maps till December 2013, in order to promote a better management of the flood phenomena, particularly in urban areas, trying to create solutions and measures to minimize the impact and consequences of their occurrence, both in terms of material damage and, above all, in human lives. The objective of this work is to try to understand how the vulnerability and risk of urban flood in the city of Aveiro is evaluated. Aveiro is a very particular region, which gathers several types of water (fresh and salty) and morphologies, possessing a coastal zone and a lagoon zone, as well as the high influence of the Vouga River and its affluent. The combination of these characteristics complicates the analysis of the behavior of the Aveiro region. The factors with greater influence in the evaluation of vulnerability and risk of urban floods were determined and analyzed, using 5 different methods. Soil occupation, population density, precipitation, and peak flow were the transversal parameters present in most methods, and thus, given a greater importance in the assessment of urban flood phenomena. A historical (temporal and spatial) survey of the most relevant floods that occurred in the city of Aveiro, especially during the 20th century, was performed, to try determining its origin or main cause (Ria de Aveiro, tides, rainfall). The construction of the system of locks and floodgates, in 1985, had a significant influence on the control of the water level of the Ria de Aveiro, and fewer major flood events were found after this historical mark. The pluviometry and hydrographic characterization of the local allowed the estimation of the magnitude of the peak flows of this urban region, which was, for several entities and projects, the most relevant factor for the modeling of its flood maps. It was also noticed that the lowest topographic level area of the city is more vulnerable, not only for its proximity to the Ria de Aveiro and low topography, but also due to the high concentration of people and infrastructures, like the cultural patrimony that is found in this regionpt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttps://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectPrecipitaçãopt_PT
dc.subjectMapas de cheiaspt_PT
dc.subjectCaudais de pontapt_PT
dc.subjectInundaçõespt_PT
dc.subjectPeríodo de retornopt_PT
dc.titleAvaliação da vulnerabilidade e do risco de cheia urbana na cidade de Aveiropt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt_PT
dc.description.masterMestrado em Engenharia Civilpt_PT
Appears in Collections:DECivil - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf3.66 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.