Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25316
Title: Avaliação do fenómeno "MIC creep" para vancomicina em pacientes com MRSA : revisão sistemática
Other Titles: Evaluation of a vancomycin MIC creep in patients with MRSA : a sistematic review
Author: Ramos, Sónia Raquel Costa
Advisor: Gago, Bruno
Afreixo, Vera Mónica Almeida
Keywords: Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA)
vancomicina
“MIC Creep”
Defense Date: 20-Dec-2018
Abstract: O Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) é uma das bactérias mais identificadas em hospitais de todo o mundo. Este microorganismo causa graves infeções hospitalares, mas também infeções adquiridas na comunidade. Apesar da incidência de infeções estar a diminuir nos últimos anos, o MRSA continua a ser uma prioridade de saúde pública na Europa. Durante mais de quatro décadas, a vancomicina tem sido o antibiótico de eleição no tratamento de infeções por MRSA. No entanto, a sua eficácia tem sido questionada devido ao surgimento de isolados de MRSA com suscetibilidade reduzida à vancomicina e ao possível fenómeno de “MIC Creep”. O fenómeno de “MIC creep” corresponde a um aumento lento e gradual dos valores de concentração mínima inibitória (CMI) de vancomicina, dentro do intervalo de suscetibilidade, ao longo do tempo. Esta dissertação consiste numa revisão sistemática da literatura e pretende avaliar a existência do fenómeno de “MIC creep” para vancomicina em pacientes com infeções provocadas por MRSA e verificar se este fenómeno corresponde a uma tendência global ou localizada apenas em determinadas regiões. Esta revisão sistemática incluiu 42 estudos para análise, tendo sido verificada a existência do fenómeno de “MIC Creep” para vancomicina em 12 estudos. O fenómeno apenas foi observado em alguns países, maioritariamente pertencentes à Ásia e à Europa, parecendo tratar-se de um fenómeno que ocorre a nível local/regional. O facto do fenómeno de “MIC Creep” ser observado em alguns locais e noutros não deve-se a vários fatores, tais como o período de estudo, a localização geográfica, o tamanho da amostra de isolados, o tipo de isolados analisados, a sua fonte clínica e os métodos utilizados para determinar os valores de CMI de vancomicina. Existe de facto uma grande heterogeneidade dos estudos realizados até à data, o que também dificulta uma comparação direta entre estudos. Todas as instituições médicas deveriam monitorizar os seus valores de CMI de vancomicina para isolados de MRSA. É importante o uso de métodos precisos e sensíveis para a determinação desses valores, capazes de captar pequenas mudanças graduais, pois estas podem ter significado clínico ao longo do tempo e podem orientar a comunidade médica na tomada de decisão clínica e ajudar a prever tendências locais futuras.
Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) is one of the most common bacteria in hospitals around the world. This microorganism causes serious healthcare-associated infections, but also community-acquired infections. Although the incidence of infections is decreasing in recent years, MRSA remains a public health priority in Europe. During more than four decades, vancomycin has been the antibiotic of choice in the treatment of MRSA infections. However, its efficacy has been questioned due to the emergence of MRSA isolates with reduced susceptibility to vancomycin and possible phenomenon of "MIC Creep". The phenomenon of "MIC creep" corresponds to a slow and gradual increase in vancomycin minimum inhibitory concentraion values, within the susceptibility range, over time. This dissertation is a systematic review of the literature and aims to evaluate the existence of the "MIC creep" phenomenon for vancomycin in patients with MRSA infections and to verify whether this phenomenon corresponds to an overall trend or localized only in certain regions. This systematic review included 42 studies for analysis and 12 of them had reported the existence of MIC Creep phenomenon for vancomycin. MIC Creep has only been observed in some countries, most of which belong to Asia and Europe, seeming to be a phenomenon occurring at local/regional level. MIC Creep phenomenon is observed in some places but not in others. It is due to several factors, such as the study period, geographic location, sample size of isolates, type of isolates analyzed, its clinical source and methods used to determine vancomycin MIC values. There is a great heterogeneity in the studies carried out to date, which also makes it difficult to compare studies directly. All medical institutions should monitor their vancomycin MIC values for MRSA isolates. It is important to use accurate and sensitive methods for the determination of MIC values, capable of capturing small gradual changes, since they may have clinical significance over time and can guide medical community in clinical decision and help predict future local trends.
URI: http://hdl.handle.net/10773/25316
Appears in Collections:DCM - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
documento.pdf2.08 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.