Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/25250
Title: Persistence of innovation patterns according to innovation types
Other Titles: Padrões de persistência da inovação de acordo com os tipos de inovação
Author: Braga, Diana Cura
Advisor: Joana Maria Costa Martins das Dores
Keywords: Innovation persistence
Innovation types
Random effects dynamic probit
Defense Date: 31-Aug-2017
Abstract: The role of innovation in economic growth is widely explored, thus, in the last decades it has been understood that along with innovation per se, one must address the continuity of these behaviours over time. Analysing the details of innovation persistence helps in the understanding of firm dynamics, effectiveness of policy actions, raising productivity and prosperity generation. Persistence of innovation is empirically explored using technological innovation, and continuity of innovative behaviours in the same innovation type; non-technological innovation types are somehow neglected and, the existing literature may not apply to the innovation types in a generalised manner and iterative persistence of innovation has not been detailed so far. Understanding the specific characteristics of each innovation type will grant the design of fine tuning policy actions accommodating the array of particularities. Moreover, the effect of the absorptive capacity and the open innovation strategy has not been connected to the innovation types by the existing literature. The present thesis analyses persistence of innovation using a dynamic panel comprising 2147 firms operating in all economic sectors in Portugal, observed from 2008 to 2014, covering three editions of the Portuguese Community Innovation Survey (CIS). Using the random effects probit model, conventional hypothesis of persistence hypothesis is supported for interactive process innovation, reinforcing the specific characteristics of each innovation type. That fact that only a small number of firms are persistent in the technological types of innovation seems to prove that policy programs financing the same innovation type will fail to boost future innovation. The results point to intermittence in innovative behaviors in the different innovation types, however, process innovation presents a different pattern from all others. The open innovation strategy seems to reinforce intermittence and public funds are helpful only for technological innovations; there is a scale effect reinforcing persistence. Therefore, is seems rational to encourage differentiated public policies targeting the different innovation types avoiding the one size fits all approaches in use at present.
O papel da inovação no crescimento económico está amplamente explorado, de tal forma que, nas últimas décadas aprofundou-se o tema da inovação e quais as suas interferências na sucessão de comportamentos inovadores ao longo do tempo. A análise dos detalhes da persistência da inovação ajuda a compreender a dinâmica das empresas, a eficácia das ações políticas, o aumento da produtividade e da prosperidade A persistência da inovação é analisada empiricamente com base na inovação tecnológica e na continuidade de comportamentos inovadores no mesmo tipo de inovação. Contudo, os tipos de inovação não tecnológica são, de certa forma, negligenciados e a literatura existente pode não aplicar os tipos de inovação de uma forma generalizada. Para além disso, a persistência iterativa da inovação ainda não foi estuda de forma detalhada. A compreensão das características específicas de cada tipo de inovação permitirá aos decisores de política ajustarem as suas decisões ao conjunto de particularidades. Além disso, o efeito da capacidade de absorção e da estratégia de inovação aberta não têm sido interligados com os tipos de inovação existentes na literatura. A presente dissertação analisa a persistência da inovação através de um painel dinâmico composto por 2147 empresas Portuguesas de todos os setores económicos, observadas entre 2008 e 2014, abrangendo três edições do Inquérito Comunitário à Inovação (CIS). Deste modo, utilizando o modelo probit de efeitos aleatórios, a hipótese convencional de persistência é apoiada para a inovação de processo iterativo, reforçando as características específicas de cada tipo de inovação. O facto de que apenas um pequeno número de empresas ser persistente nos tipos tecnológicos de inovação parece provar que os programas de políticas que financiam o mesmo tipo de inovação não conseguirão impulsionar a inovação futura. Os resultados apontam para intermitência de comportamentos inovadores nos diferentes tipos de inovação, no entanto, a inovação de processo apresenta um padrão diferente de todos os outros. A estratégia de inovação aberta parece reforçar a intermitência e os fundos públicos são úteis apenas para as inovações tecnológicas. Portanto, parece racional estimular políticas públicas diferenciadas visando os diferentes tipos de inovação, de forma a evitar uma visão única para todas as abordagens utilizadas atualmente.
URI: http://hdl.handle.net/10773/25250
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.