Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/24907
Title: In situ soil respiration in a recently burnt versus unburnt maritime pine plantation
Other Titles: Respiração do solo in situ numa plantação recentemente ardida versus não ardida de pinheiro-bravo
Author: Marques, Ana Filipa Machado
Advisor: Cerqueira, Mário
Keizer, Jan Jacob
Oliveira, Bruna Raquel Figueiredo
Keywords: Wildfire
Mediterranean forest
Pinus pinaster
Soil respiration
Fire severity
Defense Date: 17-Jul-2018
Abstract: Wildfires are one of the numerous threats that affect Mediterranean forests, mostly due to climatic factors, abandonment of rural practices and inadequate forest management practices. Climate change has an important role as well due to the increase of temperature and decrease of precipitation. Portugal is one of the most affected countries in Europe by wildfires. The year of 2017 was one of the severest since there are records (the year of 1980) with 442 418 ha of forest burnt. Wildfires have several consequences on soil properties and components, especially on the below-ground biomass and soil organic matter. In order to understand how wildfires, affect carbon dynamics, soil respiration was monitored on a maritime pine plantation during the first six months after the wildfire. The high severity burnt study area was divided in three structural units: under the canopy of the trees without needle cast (UCNN), near a shrub (S), and interpatch without vegetation (IP). To assess the effect of fire the severity on soil respiration, the soil respiration under the tree canopies was monitored also on an area where natural needle cast (UCWN) was present. In addition, the same structural units were monitored in a control site that didn’t burnt in the past 10 years. In a general way, the soil respiration rates were lower in the burnt site compared to the unburnt, and the structural unit that registered the higher soil respiration values was the UC. The presence of needle cast didn’t show major effects on soil respiration Soil temperature and air temperature registered higher values at the UNB site, however for soil moisture the opposite occurred
Os incêndios florestais são uma das numerosas ameaças que afetam as florestas mediterrânicas, principalmente devido a fatores climáticos, abandono de práticas rurais e práticas inadequadas de manejo florestal. As alterações climáticas também apresentam um papel importante, devido ao aumento da temperatura e diminuição da precipitação. Portugal é um dos países da Europa mais afetados por incêndios florestais. O ano de 2017 foi um dos mais severos desde que existem registos (ano de 1980), com 442 418 hectares de floresta ardida. Os incêndios florestais têm várias consequências nas propriedades e componentes do solo, especialmente na biomassa abaixo do solo e na matéria orgânica do mesmo. Para entender o modo como os incêndios florestais afetam a dinâmica do carbono, a respiração do solo foi monitorizada numa plantação de pinheiro-bravo durante os primeiros seis meses após o incêndio florestal. A área de estudo queimada, que apresenta uma severidade alta, foi dividida em três unidades estruturais: sob a copa das árvores sem agulhas (UCNN), próximo a um arbusto (S) e uma clareira sem vegetação (IP). Para avaliar o efeito do fogo e da sua severidade na respiração do solo, foi também monitorizada outra unidade estrutural debaixo da copa das árvores numa área com agulha natural presente (UCWN). Além disso, as mesmas unidades estruturais foram monitorizadas num local de controlo que não ardeu nos últimos 10 anos. De um modo geral, as taxas de respiração do solo foram menores no local queimado em relação ao não queimado, e a unidade estrutural que registou os maiores valores de respiração do solo foi sob a copa das árvores. A presença de agulhas não apresentou efeitos importantes na respiração do solo. A temperatura do solo e a temperatura do ar registaram valores mais altos na área de controlo, enquanto que, para a humidade do solo, ocorreu o oposto
URI: http://hdl.handle.net/10773/24907
Appears in Collections:DAO - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento.pdf2.69 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.