Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/23948
Title: Research methodology in auditing : academic practices and tendencies
Other Titles: Metodologia de investigação em auditoria : práticas académicas e tendências
Author: Porte, Marcelo de Santana
Advisor: Pinho, Joaquim Carlos da Costa
Amaral, Irina Adriana Saur
Keywords: Auditoria
Bibliometria
Cienciometria
Cnvestigação
Fraude
Metodologia científica
Pesquisa em contabilidade
Produção científica
Revisão de literatura
Temas
Tipologias
Risco em auditoria
Defense Date: 2018
Abstract: This thesis consists of three different articles, related by the theme of academic practices of the research methodology in auditing and its tendencies. Study 1: analyzed the scientific productivity in auditing from 2002 to 2013 grounded on a bibliometric/scienciometric analysis of scientific articles included in the Web of Science platform. This study’s objective was to analyze, in an innovative manner, the SOX effects on the evolution throughout time of the research activity in auditing. Its results contributed to the literature by demonstrating that more than fifty per cent of the publications in auditing are gathered in only 13 scientific journals. Another contribution is the validation of the importance of the journals Auditing-a Journal of Practice & Theory, Accounting Review and Contemporary Accounting Research to the improvement of auditing literature. The present article introduces indicators that may be utilized by researchers in their scientific studies planning to increase the probability of approval of their publications in scientific journals and conferences. Study 2: carried out a study on the characterization of the academic production in auditing improving a gap in literature, which is the information on the thematic association existing in auditing academic production. This study aims to identify which are the main themes in auditing and their associations in the post-SOX period, by means of a content analysis of the objectives and hypotheses of 1,650 indexed publications in Web of Science (2002-2014), performed in an innovative way. Further to updating the familiar themes in auditing literature from 16 to 22 themes, this study’s achievement was to present which themes emerged in auditing literature, as well as proving the existence of thematic associations in this field of study. Finally, we were able to determine the SOX impact in scientific researches in auditing. Study 3: presented a pioneering study on research methodologies in auditing, classifying not only research and investigation methods, as well as how to collect and analyze the research. A content analysis was carried out in 276 articles on Fraud risk & audit risk in 21 indexed journals in Web of Science, in the period from 2002 to 2014. The results report that there is a predominance of the quantitative method at the expense of the qualitative one, and that studies are concentrated in two investigation methods: empirical and experimental. There is a tendency for the empirical method to prevail in future research. Furthermore, we observed the extensive implement of the questionnaire as primary data, and of data set as secondary data - focused on COMPUSTAT and Audit Analytics. Another important component in the literature is the design of a map by type of research method, concerning the main methodological characteristics employed by researchers in auditing studies. For the first time, a study on research methodologies is performed in a specific perspective relating to a single subject established in auditing literature. Consequently, the results indicate that researchers should utilize data sets, specifically COMPUSTAT, to carry out their empirical researches. In conclusion, this thesis innovates by managing to outline the effects of SOX on scientific production representativeness in auditing, and by introducing in auditing literature the thematic evolution and the characterization of the research methodologies in auditing studies.
A tese é composta por três artigos distintos, contudo interligados pela temática das práticas acadêmicas da metodologia de investigação em auditoria e suas tendências. Estudo 1: analisou a produtividade científica sobre auditoria de 2002 a 2013 com base em uma análise bibliométrica/cienciométrica de artigos científicos incluídos na Web of Science. O objetivo do estudo foi analisar, de forma pioneira, o reflexo da SOX na evolução temporal da atividade de investigação em auditoria. Os seus resultados contribuíram para a literatura ao demonstrar que mais da metade das publicações em auditoria estão concentradas em apenas 13 revistas científicas. Outra contribuição é a confirmação da importância das revistas Auditing-a Journal of Practice & Theory, Accounting Review e Contemporary Accounting Research para o desenvolvimento da literatura em auditoria. O presente artigo ainda apresenta indicadores que podem ser usados pelos pesquisadores no construto de seus estudos científicos para aumentarem a probabilidade de aceitação de suas publicações em revistas científicas e congressos. Estudo 2: realizou um estudo sobre a caracterização da produção acadêmica em auditoria sanando um gap dentro da literatura que é a informação da associação temática existente dentro da própria produção acadêmica em auditoria. O objetivo do estudo foi identificar quais são as principais temáticas em auditoria e suas associações no período pós-SOX, por meio de uma análise de conteúdo, realizada de forma pioneira, dos objetivos e hipóteses de 1.650 publicações indexadas a Web of Science (2002-2014). Além de ter atualizado as temáticas conhecidas na literatura em auditoria de 16 para 22 temas, este estudo contribui para a literatura ao ter conseguido apresentar temas que emergiram na literatura de auditoria, como também ficou comprovada a existência de associações temáticas na área. Por fim, foi possível captar o impacto da SOX nas pesquisas científicas em auditoria. Estudo 3: apresentou um estudo sobre as metodologias de investigação em auditoria caracterizando, de forma pioneira, não apenas os métodos de pesquisa e de investigação, como também as recolhas e análise de dados empregados nas investigações. Foi realizada uma análise de conteúdo em 276 artigos sobre Fraud risk & audit risk em 21 jornais indexados na Web of Science no período de 2002 a 2014. Os resultados informam que há uma predominância para o método quantitativo em detrimento ao qualitativo, e que os estudos estão concentrados em dois métodos de investigação: empirical e experimental. Havendo uma tendência para que o método empirical prevaleça nas pesquisas futuras. Além disso, é possível verificar o grande uso de questionário como dados primários e de conjunto de dados como dados secundários, este último concentrado no COMPUSTAT e o Audit Analytics. Outro fator importante para a literatura é que foi construído um mapa por tipo de método de pesquisa com as principais características metodológicas empregadas pelos pesquisadores em estudos de auditoria. Pela primeira vez um estudo sobre metodologias de investigação é realizado de forma específica para um único tema conhecido pela literatura em auditoria. Logo, os resultados aqui apontam que pesquisadores devem utilizar conjunto de dados, em especial o COMPUSTAT, para realização de suas pesquisas empíricas. Por fim, esta tese inova ao conseguir captar o reflexo da SOX na representatividade da produção científica em auditoria, e ao apresentar para a literatura a evolução temática e a caracterização das metodologias de investigação dos estudos em auditoria.
URI: http://hdl.handle.net/10773/23948
Appears in Collections:DEGEIT - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Porte, Marcelo de Santana.pdf2.48 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.