Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/23370
Title: Uma análise da hipótese EKC em Portugal: nova evidência usando dados setoriais e o efeito da inovação
Author: Ramos, Alexandre Daniel Hébil
Advisor: Madaleno, Mara Teresa da Silva
Varum, Celeste
Keywords: Poluição do ar - Dióxido de carbono
Inovação tecnológica
Desenvolvimento económico
Poluição industrial - Portugal
Defense Date: 2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A presente dissertação contribui para a literatura relacionando as emissões de CO2 com o comportamento económico dos setores de atividade em Portugal, bem como a relação com proxys ligadas ao desenvolvimento de tecnologia como é o caso da I&D (investigação e desenvolvimento) ou o TPI&D (total de pessoas a trabalhar em I&D). Para isso recorremos a um painel de dados equilibrados das diversas indústrias, entre os anos de 1996 e 2013, analisando deste modo 11 setores de atividade económica em Portugal. Até ao momento, os estudos que têm sido realizados relativos a este tema são, na sua grande maioria, a nível macroeconómico, e muito pouco no quadro sectorial, não existindo conclusões de quais os setores que mais afetam o meio ambiente e/ou aqueles que melhores performances económicas apresentam, no âmbito da hipótese EKC e incluindo o efeito da inovação. O contributo desta dissertação vem no sentido de colmatar esta lacuna, usando testes dos possíveis efeitos das variáveis no modelo da Hipótese da Curva de Kuznets (hipótese EKC), para os diferentes setores de atividade. Como principais conclusões do nosso estudo, conseguimos observar dois comportamentos diferentes da EKC: o comportamento na forma de “U-invertido” e na forma de “N-Shape”, ambos comportamentos que explicam de forma diferente a relação entre as emissões de dióxido de carbono e o crescimento económico dos setores de atividade, bem como os seus comportamentos no período de tempo analisado. Estes mesmos resultados não só são importantes para futuras pesquisas mas também para a tomada de decisões de ordem política e sectorial, de forma a serem uma fonte de contribuição para a tomada de uma decisão mais correta.
The present dissertation contributes to the existent empirical literature by relating CO2 emissions with economic behavior of activity sectors in Portugal, as well as relating with proxies connected to technological development as is the case of R&D (research and development) or TPR&D (total persons working in R&D). For that we use a balanced panel of data from several industries, between the years 1996 and 2013, analyzing for the effect 11 economic activity sectors in Portugal. Until the present moment, studies which have been realized with respect to this theme are, in the majority, at macroeconomic level, and very few works exist at the sectoral level, where there are no conclusions with respect to which sectors affect more the environment and/or those which show best economic performance in the EKC sense including innovation. The contribution of this dissertation comes in the sense to contribute to this gap decrease using tests of the possible effects of variables in the Kuznets Curve hypothesis (EKC hypothesis), for the different economic activity sectors. As main conclusions of our studies, we were able to observe two different behaviors of the EKC: the inverted U-shaped behavior and the N-shape form, both behaviors which explain in a different way the relationship between carbon dioxide emissions and the economic growth of activity sectors, as well as their behaviors in the time period analyzed. These same results are not just important for future research but are also useful for decision making in both political and sector terms, such that they are a source a contribution for a more correct decision making process.
Description: Mestrado em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10773/23370
Appears in Collections:DEGEIT - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.