Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/23035
Title: Representações relativas à modalidade de Leitura em Voz Alta na aula de Língua Materna: um contributo para a Supervisão
Author: Belo, Marlene Pereira
Advisor: Sá, Cristina
Keywords: Supervisão de professores
Formação de professores
Língua materna
Leitura em voz alta
Leitura silenciosa
Defense Date: 2002
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O estágio pedagógico, incluído na formação inicial das Licenciaturas em Ensino, deve revestir-se de particular importância para todos os seus intervenientes, nomeadamente para os professores estagiários e para os supervisores das escolas. Pretende-se que o processo supervisivo funcione como uma estratégia de formação capaz de promover a reflexão sobre as práticas e conduzir a uma melhoria da qualidade de ensino. Neste sentido, sabemos que, durante esse ano, muitas são as questões debatidas. No presente estudo, propusemo- nos identificar as representações de supervisores e de professores estagiários sobre o lugar da leitura em voz alta no ensino / aprendizagem do Português Língua Materna, sobre as dificuldades que os alunos manifestam na realização desta modalidade de leitura e as estratégias a utilizar para as resolver. Paralelamente, tentámos conhecer de que modo a problemática da leitura em voz alta é abordada pelos núcleos de estágio de Português Língua Materna, numa perspectiva de Supervisão. Sendo assim, cruzaram-se no nosso trabalho duas áreas de investigação: a Supervisão no âmbito da formação inicial de professores de Línguas e um aspecto específico da Didáctica das Línguas, a leitura em voz alta. Convidámos a participar na nossa investigação todos os professores estagiários da Universidade de Aveiro, que leccionavam a disciplina de Português ao 3º Ciclo do Ensino Básico no ano lectivo de 2000/01, e os respectivos supervisores das escolas. A nossa metodologia inseria-se num paradigma de investigação de natureza qualitativa. Dadas as características do projecto, seleccionámos o “estudo de caso”. Relativamente às técnicas de recolha de dados, recorremos ao inquérito por questionário e por entrevista. Devido ao facto de os questionários usados nesta investigação conterem questões de modalidades diversas (abertas, fechadas e de escolha múltipla), foram usados diferentes processos de análise: análise de conteúdo, no caso das questões abertas, e análise quantitativa, no caso das questões fechadas e de escolha múltipla. As entrevistas foram também sujeitas a uma análise de conteúdo. Como resultado deste estudo, constatou-se que, na opinião dos inquiridos, a leitura em voz alta está presente nas suas aulas. No entanto, a forma como a leitura em voz alta é praticada pelos alunos e avaliada pelos professores não conduz a um verdadeiro aperfeiçoamento desta técnica, o que poderá justificar as dificuldades manifestadas pelos primeiros na realização desta actividade. Concluímos também que este assunto foi abordado nos núcleos de estágio, o que poderá ter contribuído para uma evolução das representações dos professores estagiários em relação a determinados aspectos desta problemática (por exemplo, a preparação e a avaliação da leitura em voz alta). De qualquer forma, parece-nos importante que a leitura em voz alta ocupe um lugar mais preponderante nas aulas de Português Língua Materna. Para isso, é necessário que as recomendações programáticas portuguesas reconheçam a necessidade da sua existência ao nível do 3º Ciclo do Ensino Básico. Por outro lado, a formação dos professores de Português deve consciencializá-los da importância desta modalidade de leitura e dotá-los de competências que lhes permitam ler em voz alta expressivamente e ajudar os seus alunos a superar as suas dificuldades neste tipo de leitura. Neste âmbito, julgamos que os supervisores poderão desempenhar um papel fundamental.
The pedagogical practice in initial teacher training programs of Higher Education in Teacher Training is very important for all its participants, especially trainee teachers and school supervisors. The supervision process is supposed to work as a formation strategy able to promote reflection on practices and to lead to an improvement in teaching quality. In this way we know that over that year of training lots of subjects and questions are debated. In the present study we proposed to identify school supervisors' and trainee teachers' representations about the importance and place of reading aloud in the process of teaching/learning Portuguese mother tongue. Students' difficulties when practicing this kind of reading and strategies to use in order to solve those difficulties are also focused on. We also tried to get acquainted with the perspective of supervisors and trainee teachers of Portuguese mother tongue as far as reading aloud is concerned. Therefore, two areas of research were intersected in this study: Supervision in the scope of initial formation of language teachers and a specific aspect of languages methodology, reading aloud. We have invited all the school supervisors and trainee teachers of the University of Aveiro, who taught Portuguese mother tongue in the 3º Ciclo do Ensino Básico (pupils between 12 and 15) during the school year 2000/01, to participate in our research. Our methodology was inscribed in a qualitative paradigm of research. Having in mind the characteristics of this project, a case study was carried out. Data were collected through questionnaire and interview. The questionnaires used in this research contained different types of questions (open, close and multiple choice). Therefore different processes of analysis were used: content analysis for open questions; quantitative analysis, when dealing with close questions and multiple choice. We also used content analysis for data resulting from interviews. As a result of this study, it was verified that, according to the opinion of the inquired teachers, reading aloud is present in their classes. However, the way in which reading aloud is practiced by students and evaluated by teachers does not lead to a real improvement of this skill. This fact may justify students' difficulties in performing such activity. We also have concluded that this subject was discussed by the groups of trainee teachers and their school supervisors and, being so, it may have contributed to an evolution of trainee teachers' representations about certain aspects of this issue (for example, preparing and evaluating reading aloud activities). In our point of view, reading aloud assumes a relevant place in Portuguese mother tongue classes. So, it seems to us that it is of extreme importance that this strategy sho uld be included in the program recommendations. On the other hand, Portuguese teacher training programs should deal with this kind of reading and give those teachers competencies/abilities to read aloud expressively and to help their students to overcome the ir own difficulties when practicing this kind of reading. In our opinio n, supervisors will play an important role in achieving this goal.
Description: Mestrado em Supervisão
URI: http://hdl.handle.net/10773/23035
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
107.pdf1.19 MBAdobe PDF    Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.