Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/22940
Title: Bullying em contexto escolar: um estudo em escolas da cidade de Janaúba, MG, Brasil
Author: Veloso, Renildes Cardoso
Advisor: Gonçalves, Maria Manuela Bento
Keywords: Violência escolar
Bullying - Brasil
Relações entre pares
Política educativa
Papel da escola
Internet - Aspectos psicológicos
Defense Date: 2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho propõe-se a investigar o fenômeno do bullying como violência nas relações interpessoais a partir das perspectivas dos pró-prios estudantes. Desse modo, procura-se compreender como ele ocorre, as razões para que aconteça, e ainda, o cyberbullying, fatos com-preendidos como manifestações da violência no contexto educativo em duas escolas na cidade de Janaúba, município do Norte do Estado de Minas Gerais – MG. Pretende-se contribuir para uma reflexão crítica so-bre o problema, relacionando fenômenos que podem desafiar os proces-sos de gestão escolar e a vivencia na própria escola enquanto espaço propiciador de aprendizagem, vínculos, afetos e relacionamentos inter-pessoais. O estudo do fenômeno data de aproximadamente 50 anos, entretanto, nas últimas décadas, tem tomado proporções importantes no contexto escolar, e sua prática envolve diversos atores: o agressor, po-dendo agir sozinho ou acompanhado; a vítima, aquele (a) que foge do padrão estético e comportamental imposto pelo grupo; e os espectado-res, que assistem às ações dos agressores, mas não tomam qualquer atitude com medo de se tornarem a próxima vítima. O bullying é um fe-nômeno que sempre acompanhou a escola, mas que tem se tornado uma prática constante chamando a atenção dos educadores, pais e mí-dia no Brasil e no mundo. Este trabalho é de natureza quantitativa, com revisão bibliográfica e pesquisa de campo em duas instituições no âm-bito estadual no município de Janaúba, no norte de Minas Gerais. A téc-nica de coleta utilizada foi o inquerito por questionários aos estudantes nas instituições selecionadas. Os resultados demonstram que a prática o bullying é constante no âmbito escolar nas referidas instituições, pois, 57,99% afirmaram já terem sido maltratados; 40% tiveram traumas psí-quicos oriundos da vitimação, causando síndromes ou sintomas diver-sos. Além disso, mais de 30% responderam que maltrataram o colega de alguma forma; 31,36% ignoraram os maus tratos e 10,65% defende-ram-se; mais de 40% ficam imparciais, apesar de não concordarem com o bullying, por medo de se tornarem a próxima vítima. Diante de tais números podemos afirmar que o bullying existem de fato e, em hipótese alguma, podem ser tratados como brincadeira de criança e/ou adoles-cente, ou serem considerados algo inerente ao seu desenvolvimento in-fanto-juvenil.
The present work proposes to investigate the phenomenon of bullying as violence in interpersonal relations from the perspectives of the stu-dents themselves. Thus, we try to understand how it occurs, the rea-sons for it to happen, and also, cyberbullying, facts understood as manifestations of violence in the educational context in two schools in the city of Janaúba, municipality of the Northern State of Minas Gerais - MG. It is intended to contribute to a critical reflection on the problem, relating phenomena that can challenge the processes of school man-agement and the experience in the school itself as a space conducive to learning, bonds, affections and interpersonal relationships. The study of the phenomenon dates back approximately 50 years. How-ever, in the last decades, it has taken important proportions in the school context, and its practice involves several actors: the aggressor, being able to act alone or accompanied; the victim, who escapes the aesthetic and behavioral pattern imposed by the group; and the spec-tators, who watch the actions of the aggressors, but do not take any action for fear of becoming the next victim. Bullying is a phenomenon that has always accompanied the school, but has become a constant practice drawing the attention of educators, parents and media in Bra-zil and in the world. This work is of a quantitative nature, with biblio-graphical review and field research in two institutions at the state level in the municipality of Janaúba, in the north of Minas Gerais. The col-lection technique used was the questionnaire survey of the students in the selected institutions. The results demonstrate that the practice of bullying is constant in the school environment in these institutions, because, 57.99% have already been abused; 40% had psychic trau-mas resulting from the victimization, causing syndromes or various symptoms. In addition, more than 30% answered that they mistreated the colleague in some way; 31.36% ignored the mistreatment and 10.65% defended themselves; more than 40 percent remain impartial, even though they do not agree to bullying, for fear of becoming the next victim. In face of such numbers we can affirm that bullying does exist and, under no circumstances, can be treated as child and / or adolescent play, or be considered something inherent to its develop-ment.
Description: Mestrado em Ciências da Educação - Administração e Políticas Educativas
URI: http://hdl.handle.net/10773/22940
Appears in Collections:DE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.