Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/22893
Title: Pterospartum tridentatum: estudo fitoquímico e avaliação das atividades biológicas dos seus compostos
Author: Simões, Mark Anthony Monteiro
Advisor: Silva, Artur Manuel Soares da
Neves, Bruno Miguel Rodrigues das
Keywords: Bioquímica
Plantas medicinais
Anti-inflamatórios
Defense Date: 8-Jan-2017
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O Pterospartum tridentatum é um arbusto usado na medicina tradicional Portuguesa no tratamento de vários problemas de saúde. Existe, no entanto, pouca informação na literatura que suporte cientificamente os efeitos que lhe são atribuídos. Assim, este trabalho visou isolar novos compostos da raiz, do caule e das folhas do arbusto Pterospartum tridentatum, sendo posteriormente feita a avaliação in vitro da sua atividade anti-inflamatória e in chemico da atividade anti-acetilcolinesterase, de modo a comprovar o seu uso na medicina tradicional. Foram preparados os extratos etanólicos destas três secções e feita a sua caracterização usando UHPLC-MS-ESI/MSn. Procedeu-se também ao isolamento de 3 flavonoides prenilados dos extratos da raiz, sendo um deles isolado pela primeira vez. O potencial anti-inflamatório dos extratos das diferentes secções foi avaliado in vitro em macrófagos estimulados com lipopolissacarídeo bacteriano (LPS). Foi avaliado o efeito a nível da produção de óxido nítrico NO, da expressão das proteínas iNOS e COX-2 e da transcrição de vários genes pró-inflamatórios como Il1, Nos2, Il6, Ptgs2 e Tnfa. Atendendo aos dados obtidos verificou-se que todos os extratos inibem significativamente a produção de NO induzida pelo LPS, em resultado de uma diminuição da transcrição do gene Nos2 e da consequente expressão da enzima por iNOS por ele codificada. Verificou-se também que todos os extratos exibem atividade antioxidante significativa a nível celular. O extrato do caule mostrou ainda inibir a expressão de COX-2 induzida pelo LPS, sendo este efeito devido a uma diminuição da transcrição do respetivo gene Ptgs2. Adicionalmente, foi possível verificar que todos os extratos inibem significativamente a transcrição da citocina inflamatória IL-1β. Quanto á atividade anti-acetilcolinesterase não foi possível verificar se os extratos apresentam atividade inibidora relevante. Em suma, os extratos têm características anti-inflamatórias que suportam alguns dos usos da Pterospartum tridentatum na medicina tradicional.
Pterospartum tridentatum is a shrub used in Portuguese traditional medicine for the treatment of various health problems. However, there is little information in the literature that scientifically supports the effects attributed to it. Thus, this work aims to isolate new compounds from the root, stem and leaves and to evaluate in vitro the anti-inflammatory activity and in chemico anti-acetylcholinesterase activity, in order to prove their use by traditional medicine. The ethanolic extracts of these three sections were prepared and the characterization was performed using UHPLC-MS-ESI/MSn. It was also possible to isolate 3 prenylated flavonoids from the root extract, one of them being isolated for the first time. The anti-inflammatory potential of the extracts from the different sections was evaluated in vitro on bacterial lipopolysaccharide (LPS) stimulated macrophages. The effect on the production of nitric oxide NO, the expression of the iNOS and COX-2 proteins and the transcription of several pro-inflammatory genes like Il1, Nos2, Ptgs2 and Tnfa were evaluated. Based on the data obtained, it was verified that all the extracts significantly inhibit the NO production induced by LPS, because of a decrease in the transcription of the Nos2 gene and the consequent expression of the enzyme by iNOS encoded by it. We also found that all extracts show significant antioxidant activity at the cellular level. The extract of the stem also showed to inhibit the expression of COX-2 induced by LPS, being this effect due to a decrease of the transcription of the respective gene Ptgs2. Additionally, it was possible to verify that all the extracts significantly inhibit the transcription of the inflammatory cytokine IL-1β. As for the anti-acetylcholinesterase activity, it wasn’t possible to verify if the extracts present a relevant inhibitory activity. In sum, the extracts have anti-inflammatory and anti-acetylcholinesterase characteristics that support some of the uses of Pterospartum tridentatum in traditional medicine.
Description: Mestrado em Bioquímica - Métodos Biomoleculares
URI: http://hdl.handle.net/10773/22893
Appears in Collections:DQ - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf2.62 MBAdobe PDFembargoedAccess


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.