Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/21545
Title: Environmental drivers reveal fragmented spatial patterns of Eurasian badger (Meles meles) occurrence in Portugal
Other Titles: Fatores ambientais revelam fragmentação nos padrões espaciais de ocorrência do texugo Euroasiático (Meles meles) em Portugal
Author: Guedes, Diana Alvim Pereira de Sousa
Advisor: Fonseca, Carlos Manuel Martins Santos
Grilo, Clara
Keywords: Equilíbrio ecológico
Ecologia aplicada
Conservação das espécies
Texugo - Habitat
População animal - Distribuição geográfica
Estradas - Impacto ambiental
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Perceber os fatores ambientais que influenciam a ocorrência e distribuição de espécies é essencial para a formulação de medidas de conservação eficientes. O texugo Europeu (Meles meles) é um dos carnívoros mais comuns nos ecossistemas Mediterrânicos mas o aumento da fragmentação de habitat nas últimas décadas pode originar uma mudança no seu estatuto e distribuição. A sua ampla distribuição geográfica juntamente com o facto de ser uma espécie generalista em termos de habitat e alimentação torna difícil encontrar um padrão de seleção de habitat único. Neste estudo foram analisados os factores ambientais que influenciam a localização das tocas (vulgarmente conhecidas como texugueiras e usadas para reprodução e refúgio), a ocorrência de texugo e o risco de atropelamentos. O principal objectivo é avaliar os padrões espaciais de habitats de alta qualidade e de alto risco para a conservação do texugo em Portugal. Prospetámos o centro de Portugal à procura de texugueiras e compilámos os dados de ocorrência de texugo e de atropelamentos a nível nacional. Usámos modelos lineares generalizados (GLM) para examinar os fatores que influenciam a localização das texugueiras e modelos de entropia máxima (MaxEnt) para analisar o que leva à ocorrência de texugo e à sua mortalidade nas estradas. Por fim, os três modelos foram sobrepostos com o objetivo de identificar áreas prioritárias para a conservação do texugo. Os nossos resultados revelaram uma fragmentação no padrão espacial dos habitats primários. Surpreedentemente, o texugo evita áreas densamente florestadas para a seleção do local das texugueiras e a sua ocorrência está positivamente relacionada com a presença de alguma proporção de campos agrícolas, solos sedimentares e áreas abertas. O risco de atropelamento é mais elevado em autoestradas com sinuosidade baixa e perto de zonas abertas. Os nossos resultados realçam a importância da manutenção de florestas Mediterrânicas naturais, pastos e zonas agrícolas. Deve ser dada prioridade às zonas de alto risco em termos de investigação (validar os resultados com uma estimativa das taxas de atropelamentos) e conservação (incluir passagens para minimizar o número de atropelamentos). É necessário mais investigação para determinar se as áreas de habitat primário disponíveis têm algum efeito na viabilidade das populações de texugo ao longo do tempo.
Understanding the environmental features that influence organism’s occurrence and distribution is essential to formulate efficient conservation measures. The European badger (Meles meles) is one of the most common carnivores in Mediterrranean environments but the increase of habitat fragmentation over the last decades may lead to a change in their status and distribution. Badger have an wide geographic distribution and together with the fact that are generalist in terms of habitat and food makes it difficult to find a unic habitat selection pattern. In this study we address to analyse the environmental drivers that influence the location of badger setts (used for reproduction and refuge), the occurrence of badgers and their risk of road mortality. The main goal of this study is to evaluate the spatial patterns of habitats of high quality and high risk for badger conservation in Portugal. We surveyed the centre of Portugal in search of badger setts and compiled badger occurrence and road-kill data at a national level. We used generalized linear modelling (GLM) to examine which factors influence the badger sett sites and maximum entropy modelling (MaxEnt) to analyse the drivers of badger occurrence and road mortality. Finally, we overlapped the three models to identify priority areas for badger conservation. Our results reveal a fragmented pattern of primary habitats for badgers. Surprisingly, when selecting the location of badger setts they seem to avoid densily forested areas and their occurrence is positively related to some amount of agricultural fields, sedimentary ground and open areas. Road mortality risk is high at highways with low sinuosity and close to open areas. Our results highlight the importance of the mantainance of natural Mediterranean forests, pastures and some agricultural lands. Priority should be given to risky areas in terms of reasearch (by validating the results with the estimation of road-kill rates) and of conservation (inclusion of crossing structures to minimize the number of road-kill events). Further research should be performed to determine whether the available primary habitat have an effect on populations viability over time.
Description: Mestrado em Ecologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/21545
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tesefinal.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.