Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/21456
Title: Indivíduos com lesão vertebro-medular em reabilitação: estudo do suporte social, coping e qualidade de vida
Author: Simão, Ana Jéssica Lopes
Advisor: Pereira, Anabela Sousa
Keywords: Psicologia da saúde
Lesões vertebro-medular
Reabilitação
Qualidade de vida
Estratégias de adaptação emocional
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: De entre as várias formas de incapacidade que podem atingir o ser humano, a lesão vertebro-medular (LVM) é sem dúvida uma das mais devastadoras. Este tipo de lesão é um acontecimento disruptivo na vida do indivíduo, acarreta mudanças significativas e uma adaptação biopsicossocial. A literatura tem demonstrado que tanto o suporte social, o coping como a qualidade de vida são variáveis que podem influenciar positivamente a adaptação psicológica, tornando-a mais eficaz. Sendo evidente a pertinência, a relevância e os reduzidos estudos em contexto nacional a respeito desta temática, o presente estudo pretende contribuir para um maior aprofundamento sobre as variáveis psicológicas (suporte social, coping e qualidade de vida) na LVM, em indivíduos portadores deste tipo de lesão. A amostra foi constituída por 36 lesionados vertebro-medulares, de idades entre os 20 e os 82 anos (M=53.56, DP=18.27), em regime de internamento no Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais. Foi aplicado um protocolo de avaliação que engloba a Medida de Independência Funcional, a Escala de Satisfação com o Suporte Social, o Brief COPE e a Avaliação da Qualidade de Vida (WHOQOL-BREF). Podemos mencionar que os indivíduos do presente estudo aparentam uma adaptação psicológica eficaz à sua condição clínica e que, parecem ser bons indicadores da adaptação psicológica a maior perceção do suporte social, uso de estratégias de coping mais adaptativas e uma maior perceção da qualidade de vida. Em conclusão, a presente investigação é inovadora em Portugal e permite aos profissionais de saúde, familiares e sociedade em geral, adquirir preciosos conhecimentos relativos à melhor forma de apoiar, minimizar as necessidades, facilitar o processo de adaptação à condição clínica, contribuindo assim para a melhor qualidade de vida da população de indivíduos portadores de LVM.
Among the various forms of disability that can attain the human being, the spinal cord injury (SCI) is undoubtedly one of the most devastating. This type of injury is a disruptive event in the life of the individual, leading to significant changes and a biopsychosocial adaptation. The literature has shown that both social support, coping and quality of life are variables that can positively influence the psychological adaptation, making it more effective. Being obvious the pertinence, relevance and reduced studies in the national context regarding this issue, the present study aims to contribute to a deeper understanding of the psychological variables (social support, coping and quality of life) in SCI, in subjects with this type of injury. The sample consisted of 36 individuals with spinal cord injury, aged between 20 and 82 years (M=53.56, SD=18.27), in inpatient at the Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais. It was applied an evaluation protocol which includes the Functional Independence Measure, the Satisfaction Scale with Social Support, the Brief COPE and the Quality of Life Assessment (WHOQOL-BREF). One can say that the subjects of this study seem to be effectively psychological adapted to their clinical condition, as well as being good indicators of psychological adaptation to higher perception of social support, the use of more adaptive coping strategies and a greater perception of quality of life. In conclusion, this research is innovative in Portugal and allows health professionals, family and society in general, to acquire valuable knowledge on the best way to support, minimize the needs, facilitate the adaptation process to the clinical condition, thus contributing to the better quality of life of the population of individuals with SCI.
Description: Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/21456
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.