Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18577
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Joana Luísa Lourenço Estevinhopt
dc.contributor.advisorGonçalves, Fernandopt
dc.contributor.authorMendes, Cristiana do Carmo Duartept
dc.date.accessioned2017-10-19T09:32:16Z-
dc.date.available2017-10-19T09:32:16Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/18577-
dc.descriptionDoutoramento em Biologiapt
dc.description.abstractA Diretiva Quadro da Água (DQA) estabelece um enquadramento para a ação comunitária no domínio da política da água e veio assim incumbir todos os Estados-Membros da União Europeia da proteção, melhoria e recuperação de todas as massas de água de superfície, com o objetivo final de alcançar um bom estado ecológico das mesmas. A importante inovação desta diretiva é, sem dúvida, a integração de abordagens físico-químicas, hidromorfológicas e biológicas para monitorizar e gerir o ambiente aquático. No entanto, a abordagem adotada pela DQA para a avaliação da qualidade biológica de massas de águas, é um pouco limitada à utilização de índices bióticos. Assim, o principal objetivo deste trabalho é avaliar a qualidade ecológica de sistemas lóticos selecionados, tendo em conta a forma como os diferentes agentes de stress (físicos, químicos e biológicos) afetam a estrutura das comunidades de macroinvertebrados bentónicos. Utilizando abordagens de análise abrangentes e diversas, em paralelo à linha metodológica e de análise de dados recomendada pela DQA, pretende-se discutir se estas últimas oferecem a resolução necessária para distinguir impactos diferentes da poluição difusa, para a qual esta diretiva terá sido definida. Os resultados obtidos evidenciaram que o uso de índices bióticos não era tão discriminativo como a análise multivariada da comunidade de macroinvertebrados. Esta última abordagem explora as tendências espaciais e temporais, permitindo uma análise mais detalhada da sucessão de espécies e também quantifica os fatores explicativos ambientais. O uso de macroinvertebrados bentónicos como indicadores do estado ecológico de sistemas lóticos pode ser vantajoso, mas as dificuldades na classificação taxonómica destes organismos pode restringir o acesso à metodologia pelo público não especializado. Neste sentido, uma chave de identificação, fotográfica, de macroinvertebrados existentes em Portugal, foi desenvolvida e validada. Os resultados demonstraram que a nova chave pode ser uma ferramenta útil para apoiar ações de educação ambiental, no âmbito da preservação dos ecossistemas lóticos.pt
dc.description.abstractThe Water Framework Directive (WFD) established a holistic tool for Community action in the field of water policy, for all Member States of the European Union to protect, improve and restore all surface water bodies, with the ultimate goal of achieving good ecological status. The major innovation of this policy is undoubtedly the integration of physic-chemical, hydromorphological and biological approaches, to monitor and manage the aquatic environment. However, the approach adopted by the WFD for assessing the biological status of water bodies, is somewhat limited to the use of biotic indices. Thus, the main objective of this study is to assess the ecological quality of selected river systems, taking into account how the various stressors (physical and chemical) affect the structure of benthic macroinvertebrate communities. Using comprehensive and various analysis approaches in parallel with the methodological approach and data analysis recommended by the WFD, we intend to discuss whether the latter provide the necessary resolution to distinguish impacts that do not diffuse pollution, to which this policy has been set. The results showed that the use of biotic indices was not as discriminating as the multivariate analysis of the macroinvertebrate community. This latter approach explores the spatial and temporal trends, allowing a more detailed analysis of the succession of species and also quantifies the environmental explanatory factors. The use of benthic macroinvertebrates as indicators of the ecological status of lotic systems is advantageous in several ways, but difficulties in the taxonomical classification of these organisms may constrain the accessibility to the methodology by non-specialist audiences. In this context, a photographic (3D) identification key for freshwater macroinvertebrates found in Portuguese was developed and validated. Results showed that the new key can be a handy tool to support Environmental Education actions within the preservation of the lotic ecosystems.pt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade de Aveiropt
dc.relationCOMPETEpt
dc.relationFCT - PTDC/AACAMB/113515/2009pt
dc.relationPROFAD – Universo IIpt
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectMacrofauna bentónica - Indicadores biológicospt
dc.subjectBiologiapt
dc.subjectEcologia aquática - Avaliaçãopt
dc.subjectGestão de recursos hídricos - Directivas comunitáriaspt
dc.subjectMacroinvertebrados - Ecologia animalpt
dc.subject.otherDiretiva quadro da águapt
dc.subject.otherSistemas lóticospt
dc.subject.otherAvaliação do estado ecológicopt
dc.subject.otherComunidades de macroinvertebradospt
dc.subject.otherRio Saborpt
dc.subject.otherMina de S. Domingospt
dc.subject.otherCanais de Mirapt
dc.subject.otherImpactos físicos (construção de barragens)pt
dc.subject.otherImpactos químicos (drenagem ácida mineira)pt
dc.subject.otherImpactos biológicos (espécie invasora - Corbicula fluminea)pt
dc.subject.otherChave dicotómicapt
dc.titleAvaliação ecológica da qualidade ambiental de sistemas lóticospt
dc.typedoctoralThesispt
thesis.degree.leveldoutoramentopt
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt
Appears in Collections:DBio - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Cristiana_Mendes.pdf4.81 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.