Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18554
Title: Variação espacial da distribuição e abundância de poliquetas em tanques de terra utilizados em aquacultura semi-intensiva de peixe
Author: Santos, Andreia Sofia Lourenço dos
Advisor: Lillebø, Ana Isabel
Calado, Jorge
Keywords: Macroinvertebrados
Biologia marinha
Peixes - Nutrição
Aquacultura
Poliquetas
Defense Date: 7-Dec-2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A aquacultura marinha, nas últimas décadas é a actividade humana com maior crescimento no mundo. Os tanques de terra são muito utilizados para o policultivo de peixes, principalmente para cultura de robalo e dourada, em sistema extensivo ou semi-intensivo. O linguado também é produzido nestes tanques ao longo da costa de Portugal e Espanha. O principal objetivo deste estudo foi quantificar a distribuição espacial de macroinvertebrados da classe Polychaeta, considerando a sua riqueza específica e abundância em termos de densidade e de biomassa, em duas pisciculturas. Nesta abordagem foram estudados diferentes tanques na mesma piscicultura e a distribuição espacial dentro de cada tanque. O presente estudo foi realizado numa piscicultura em Ayamonte (Esteros de Canela) a operar em policultivo de robalo e linguado e numa outra a operar na Figueira da Foz (Nasharyba) em policultivo de dourada e linguado ou robalo, dourada e linguado. No total foram identificados 17 taxa, distribuídos por 2 classes, 6 ordens, 13 famílias e 14 géneros. Os principais organismos da comunidade foram Alkmaria romijni, Aphelochaeta marioni, Hediste diversicolor, Polydora ciliata e Siboglinidae. Foram registadas diferenças significativas para o número de taxa, densidade e biomassa entre as duas pisciculturas e os seus tanques. A granulometria, mais propriamente a areia grosseira e muito grosseira, revelou-se determinante na diferenciação da comunidade de poliquetas. No entanto, foi possível verificar que o poliqueta com maior densidade e biomassa nas duas pisciculturas foi H. diversicolor, possivelmente devido à sua grande tolerância fisiológica a variações extremas de factores ambientais. A densidade e biomassa dos taxa nas pisciculturas também poderá estar relacionada com as espécies de peixe produzidas e a sua densidade de cultivo, pelo que o linguado tem preferência por H. diversicolor de maiores dimensões.
Marine aquaculture, in last decades, is the human activity fastest growing in the world. Earthen ponds are widely used for fish polyculture, especially for european seabass and gilthead seabream in extensive or semi-intensive system. Senegalese sole is also produced in these tanks along the coast of Portugal and Spain. The objective of this study was to quantify the spatial distribution of macroinvertebrates of Polychaeta class, considering its richness and abundance in terms of density and biomass in two fish farms studied. In this approach, several tanks of the same fish farm were studied and also its spatial distribution in each tank. This study was conducted in fish farms in Ayamonte (Esteros de Canela) operating in european seabass and senegalese sole polyculture and in another operating in Figueira da Foz (Nasharyba) with gilthead seabream and senegalese sole or european seabass, gilthead seabream and senegalese sole polyculture. In total were identified 17 taxon, distributed by 2 classes, 6 orders, 13 families and 14 genera. The main organisms of the community were Alkmaria romijni, Aphelochaeta marioni, Hediste diversicolor, Polydora ciliata e Siboglinidae. Significant differences were recorded for the number of taxa, density and biomass between the two fish farms and their tanks. The granulometry, more specifically coarse and very coarse sand showed to be decisive in the differentiation of polychaete community. However, it was possible to verified that the polychaete with higher density and biomass in the two fish farms was H. diversicolor, due to high physiological tolerance to extreme changes in environmental factors. The density and biomass of taxon in fish farms may also related to the species of fish produced and their density cultivation, whereby the senegalese sole prefers large H. diversicolor.
Description: Mestrado em Biologia Marinha
URI: http://hdl.handle.net/10773/18554
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Andreia_Santos.pdf2.6 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.