Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18486
Title: Os espaços do jardim de infância: perspetivas das crianças
Author: Castro, Francisca Maia de
Advisor: Figueiredo, Aida
Keywords: Educação pré-escolar
Jardins de infância
Desenvolvimento das crianças
Actividades de aprendizagem
Prática pedagógica
Interação social
Organização do espaço
Defense Date: 2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Atualmente tem-se vindo a valorizar um ensino mais personalizado, que responda às necessidades do grupo. Na Pedagogia-em-Participação, referencial teórico do presente estudo, a criança é considerada protagonista do seu próprio precurso de aprendizagem e enfatiza a escuta ativa e a observação atenta do grupo, procurando que o adulto seja responsivo às suas necessidades e opiniões. O presente estudo pretende analisar a perceção que as crianças têm sobre os espaços do jardim de infância. Os participantes foram selecionados aleatoriamente - nove crianças, com idades compreendidas entre os cinco e os seis anos. Para a recolha de dados optou-se por técnicas de recolha de dados como a entrevista semiestruturada, a recolha de fotografias efetuada pelas crianças dos espaços do jardim de infância que mais e menos gostam. Para a análise dos dados recorreu-se à análise de conteúdo das entrevistas e das fotografias. Os resultados indicam que as crianças expressam a necessidade de se movimentarem e realizarem atividades no exterior, sugerindo que neste espaço têm mais área para realizar atividades como correr, jogar futebol, andar de bicicleta e triciclo. O exterior surge como o espaço preferido das crianças, contudo é aquele que merece mais atenção e planeamento. Os espaços que as crianças menos gostam são os que apresentam mais conflitos. O estudo que se apresenta neste relatório de estágio evidencia que as crianças sentem necessidade de participar nos diferentes aspetos que diariamente lhes dizem respeito, mostrando-se aptas para a realização de sugestões viáveis nos espaços nos quais interagem. Ao nível do surgimento de conflitos conclui-se que os participantes foram capazes de os detetar, mas também foram capazes de selecionar formas de resolução. Além do referido, o estudo desenvolvido contribuiu também para a construção de uma identidade pedagógica, mais atenta, procurando refletir a sua prática de forma a adequa-la ao grupo, às suas necessidades e ao seu bem-estar.
Currently has been to value a more personalized education that responds to the needs of the group. In Pedagogy-in-attendance, theoretical framework of this study, the child is considered the precursor of their own learning and emphasizes the active listening and the attentive observation of the group, looking for the adult is responsive to their needs and opinions. This study aims to analyze the lack that children have about the kindergarten spaces. The participants were randomly selected-nine children, aged five and six years. For the collection of data has been data collection techniques such as structured interviews, the collection of photographs made by the children of the kindergarten spaces more and less like. For data analysis were used to content analysis of interviews and photographs. The results indicate that children express the need to move and carry out activities abroad, suggesting that in this space have more area to carry out activities such as running, playing soccer, ride a bicycle and tricycle. The exterior is emerging as the preferred space for children, yet it is one that deserves more attention and planning. The spaces that the children least like are those with more conflicts. The study presented in this report of stage shows that children feel the need to participate in the various aspects that concern them, showing up for the achievement of viable suggestions in the spaces in which they interact. In terms of the emergence of conflicts concluded that the participants were able to detect, but also were able to select Forms of resolution. In addition to the above, the study also contributed to the construction of a pedagogical identity, more attentive, trying to reflect its practice in order to fit it to the group, your needs and well-being.
Description: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino no 1º Ciclo do Ensino Básico
URI: http://hdl.handle.net/10773/18486
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação.pdf5.97 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.