Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/1830
Title: Virtuosidade e auto-eficácia das equipas : um estudo empírico
Author: Gomes, Ana Carolina de Magalhães
Advisor: Rego, Arménio
Keywords: Gestão organizacional
Gestão de recursos humanos
Relações interpessoais
Inteligência emocional
Liderança
Defense Date: 2010
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Este estudo pretende mostrar como a percepção das cinco dimensões da virtuosidade organizacional (confiança, compaixão, integridade, perdão e otimismo) explica a medida da auto-eficácia das equipas. As percepções da virtuosidade organizacional foram obtidas através do instrumento de medida proposto por Cameron, Bright e Caza (2004) e validado em Portugal por Rego, Ribeiro e Cunha (2010). A auto-eficácia foi medida através dos instrumentos criados por de Jong, Ruyter e Wetzels (2005) e Lester, Meglino e Koosgaard (2002). Inquiriu-se uma amostra de conveniência constituída por 204 funcionários não docentes da Universidade de Aveiro, que descreveram as suas percepções da virtuosidade organizacional. Dois meses depois foram convidados a descrever a auto-eficácia das suas equipas, tendo respondido 145 indivíduos. Os resultados sugerem que percepções de virtuosidade organizacional explicam 14% da variância da medida da auto-eficácia das equipas.
Description: Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial
URI: http://hdl.handle.net/10773/1830
Appears in Collections:DEGEI - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010001762.pdf508.86 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.