Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/18238
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMigueis, Marlene da Rochapt
dc.contributor.authorLadeiro, Ariana Oliveira Silvestrept
dc.date.accessioned2017-08-23T14:54:06Z-
dc.date.available2017-08-23T14:54:06Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10773/18238-
dc.descriptionMestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básicopt
dc.description.abstractEste Relatório de Estágio foi realizado no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada A2 em articulação com a unidade curricular de Seminário de Intervenção Educacional, tendo sido desenvolvido numa turma do 2º ano, do 1º Ciclo do Ensino Básico. O estudo que aqui apresentamos insere-se na temática da interação e teve como objeto de estudo “a interação professor-aluno e aluno-aluno na sala de aula no 1º Ciclo do Ensino Básico”. Por interação, neste contexto em particular, devemos entender a comunicação verbal ou não-verbal estabelecida entre dois ou mais intervenientes presentes na sala de aula, podendo esta relacionar-se, ou não, com os conteúdos que estão a ser lecionados. Com este estudo pretendíamos refletir sobre os tipos de interação presentes na sala de aula entre alunos e entre professor-aluno, nas áreas curriculares de Português e Matemática, bem como investigar as interações em ambas as áreas. Este estudo insere-se numa metodologia qualitativa descritiva e apresenta características de estudo de caso. No que respeita aos instrumentos de recolha de dados privilegiou-se a observação, as vídeo-gravações das interações entre aluno-aluno e professor-aluno e as notas de campo do investigador. Os resultados obtidos indicam-nos que existem mais interações na área curricular de português do que na área curricular de matemática, tanto entre aluno-aluno, como entre professor-aluno. Na interação professor-aluno, as interações de cariz cognitivo e emocional/social têm valores muito próximos; já na interação aluno-aluno, ocorrem mais interações ao nível emocional e social, e menos ao nível cognitivo, registando-se uma diferença muito acentuada entre estas. É importante que o professor fomente a interação em todas as áreas curriculares aos níveis cognitivo, emocional e social, uma vez que esta pode trazer benefícios para todos os alunos e para o professor, pois permite criar um ambiente saudável, próximo e propício ao desenvolvimento e aprendizagem dos alunos.pt
dc.description.abstractThis Internship report was carried out within the A2 Supervised Pedagogical Practice in conjunction with the subject of Educational Intervention Seminar, with a 2nd grade class of Elementary School. The study presented here is part of the theme of interaction and had as study objective the "interaction teacher-student and student’s in the classroom in the first grades of Elementary School". By interaction, in this particular context, it should be understood as verbal and non-verbal communication between two or more participants in the classroom, having or not a direct relation to what is being taught. This study aims at observing and reflecting on the types of interactions present in the classroom between students, as well as the teacher-student interaction, in the subjects of Portuguese and Mathematics. Furthermore, the interactions in both these areas were investigated. This study is part of a descriptive qualitative methodology and presents case study characteristics. The tools for data collection focused on observations, video recordings of interactions between students and student-teacher and the researcher's field notes. The results obtained indicate that there is more interaction in the subject of Portuguese than in Mathematics, be it between students or teacher-student. In the interaction between teacher-student, the cognitive and emotional/social have very similar values; whereas, in the student’s interaction there are more interactions on an emotional and social level and less on a cognitive value, registering a very marked difference between them. It is important for the teacher to promote interaction in all curricular areas on a cognitive, emotional and social level, as this can bring benefits to all students and the teacher, because it creates a healthy, comfortable environment, conducive to learning and to student’s development. ipt
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade de Aveiropt
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectRelações entre parespt
dc.subjectAmbiente da aulapt
dc.subjectEnsino básico 1º ciclopt
dc.subjectTécnicas pedagógicaspt
dc.subjectEnsino das ciênciaspt
dc.subjectRelações professor-alunopt
dc.subjectEnsino do portuguêspt
dc.subject.otherInteraçãopt
dc.subject.otherÁrea curricular de portuguêspt
dc.subject.otherÁrea curricular de matemáticapt
dc.titleA interação professor-aluno e aluno-aluno em contexto escolar: um estudo no 1º Ciclo do Ensino básicopt
dc.typemasterThesispt
thesis.degree.levelmestradopt
thesis.degree.grantorUniversidade de Aveiropt
dc.identifier.tid201567172-
Appears in Collections:DE - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.