Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/16534
Title: Aprendizagem organizacional sustentada em tecnologias de informação e comunicação: práticas, recursos e resultados
Author: Petiz, Sara Margarida da Silva
Advisor: Ramos, Fernando
Keywords: Multimédia em educação
Tecnologias da informação e comunicação
Web 2.0
Motivação para a aprendizagem
Difusão do conhecimento
Inovação tecnológica
Aprendizagem organizacional
Transferência de tecnologia
Defense Date: 18-Mar-2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: As organizações são hoje confrontadas com a necessidade permanente de acompanhar a evolução do mercado, renovar conhecimento e antecipar a mudança e a novidade, despertando para a importância de envolverem os seus colaboradores na geração e partilha de conhecimento e de ideias para produtos, serviços e métodos organizacionais que potenciem inovações incrementais, radicais e disruptivas. Neste contexto de rápida mudança, a aprendizagem ao longo da vida assume um paradigma central, em particular as diferentes experiências de aprendizagem não-formal e informal, cuja responsabilidade cabe não só às organizações, mas cada vez mais aos indivíduos, responsáveis máximos pelo seu desenvolvimento pessoal. A aprendizagem organizacional, que envolve dinâmicas de aquisição, geração e transferência de conhecimento entre indivíduos e grupos, e a sua internalização nas rotinas e práticas das organizações, apresenta-se como um alicerce fundamental para a inovação. As TIC, pela capacidade que oferecem para promover a participação, a partilha e o rápido acesso a conhecimento, muito podem favorecer o seu desempenho. Neste estudo procurou-se compreender de que forma é que organizações orientadas para a inovação desenvolvem as suas práticas de aprendizagem tirando partido das TIC disponíveis. Com o formato de estudo de caso de duas instâncias, uma grande empresa e uma PME, o estudo centrou-se em três dimensões - práticas, recursos TIC e resultados - e em cinco processos - geração de novas ideias, vigilância tecnológica e de mercado, resolução de problemas, diálogo e transferência de conhecimento e formação e desenvolvimento de competências. Os resultados permitem concluir da importância que as organizações atribuem aos processos estudados, apresentando práticas diversificadas e inovadoras, recorrendo a diferentes TIC, verificando-se uma forte utilização da Web 1.0 e de algumas ferramentas da Web 2.0. O estudo permitiu também identificar fragilidades nas práticas, apontando sugestões de melhoria. Finalmente, o estudo revela a importância atribuída pelos responsáveis e colaboradores à cultura de abertura e confiança e à atitude positiva dos líderes face ao uso das TIC, como fatores facilitadores da aprendizagem nas organizações. Não obstante o elevado uso das TIC verificado, é unânime a perceção de que os colaboradores e as organizações não estão a tirar o máximo partido delas, em particular de certas ferramentas da Web 2.0 e mais ainda da Web 3.0.
Today organizations face the constant need to monitor market developments, renew knowledge and anticipate change and novelty, understanding the importance of engaging its employees in the generation of knowledge and ideas for products, services and organizational methods that may foster incremental, radical and disruptive innovation. In this rapidly changing context, lifelong learning assumes a central paradigm, particularly the different non-formal and informal learning experiences, whose responsibility lies not only in organizations, but increasingly in individuals, responsible for their own development. Organizational learning, which involves individual and group dynamics of acquisition, generation and knowledge transfer, and their internalisation in routines and organizational practices, assumes today a key building block for innovation. The ability of ICT to promote participation, sharing and rapid access to knowledge, may favor organizational learning performance. This study focused in understanding how organizations oriented to innovation are developing their learning practices taking advantage on the ICT available. With the format of a case study with two instances, a large company and a SME, it embraces three dimensions - practices, ICT resources and results - and five processes - idea generation, technological and market surveillance, problem resolution, dialogue and knowledge transfer and training and skills development. Results show the importance that organizations attribute to these processes, by implementing distinct practices, some of them innovative and disruptive, and the importance that ICT plays as a platform to support and enable them, based on a strong use of Web 1.0 and also different Web 2.0 tools. The study identified weaknesses, pointing out some suggestions for improvement. Finally the study showed the importance given by institutional responsibles and employees to the culture of openness and trust and to the positive attitude of the leaders regarding the use of ICT as facilitating factors to promote organizational learning enhanced by ICT. Despite the high use which employees make of ICT in their autonomous learning practices, it is unanimous the perception that they are not taking full advantage of these resources, particularly some Web 2.0 tools and even more Web 3.0.
Description: Doutoramento em Multimédia em Educação
URI: http://hdl.handle.net/10773/16534
Appears in Collections:DeCA - Teses de doutoramento
UA - Teses de doutoramento
DEP - Teses de doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdfTese7.82 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.