Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/16426
Title: Influence of social and land use features on urban avifauna
Other Titles: Influência de fatores sociais e de uso do solo na avifauna urbana
Author: Morgado, Mariana Rodrigues
Advisor: Luís, António Manuel da Silva
Pinto, Maria Luís Rocha
Fidélis, Teresa
Keywords: Ecologia aplicada
Aves - Habitat
Utilização do solo - Zonas urbanas - Aveiro (Portugal)
Defense Date: 8-Jan-2016
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Urbanization is a worldwide phenomenon that affects biodiversity, which induces the need to conserve the urban areas. Urban ecosystems are defined by human activities, habitat infrastructures and vegetation components. Nevertheless, little is known about the processes underlying the spatial variation of urban bird communities. The aims of the present dissertation are (1) to investigate the relationship between avian diversity and abundance with land use and social features and (2) to study the vertical distribution of avian diversity, abundance and biomass in an urban environment. For this purpose, bird surveys by point counts were conducted during breeding season in eight neighbourhoods of Aveiro, Portugal. The data was analysed through descriptive analyses, statistical hypothesis testing and generalized linear models. Most of the studied neighbourhoods were dominated by omnivorous species, namely Columba livia and Passer domesticus. The results also show that species richness is higher in neighbourhoods furthest away from esplanades, with higher density of trees, building height and density, alongside low imperviousness, busy streets and human population density. Moreover, neighbourhoods furthest away from esplanades, showing higher building age, height and density, busy streets but lower human population density, hold higher avian abundance. Medium height levels exhibit higher bird diversity, abundance and biomass than both lower and higher height levels. These findings strongly suggest that focusing on a combination of local land use and social features, rather than single features, provide a better understanding of avian diversity and spatial structures of urban bird communities. Furthermore, due to the complexity of urban ecosystems, this investigation underlies the relevance of integrating social and urban planning researchers into urban ecological studies.
A urbanização é um fenómeno mundial que afeta a biodiversidade, o que induz a necessidade de conservar as áreas urbanas. Os ecossistemas urbanos são definidos pelas atividades humanas, infraestruturas do habitat e componentes vegetais. No entanto, pouco se sabe sobre os processos inerentes à variação espacial local de comunidades de aves urbanas. Os objetivos principais da presente dissertação consistem em (1) investigar a relação entre diversidade e abundância de aves, e fatores sociais e de uso do solo e (2) estudar a distribuição vertical da diversidade, abundância e biomassa de aves em ambiente urbano. Para este efeito foram realizados censos de avifauna por pontos durante a época de nidificação em oito zonas da cidade de Aveiro, Portugal. A análise de dados realizou-se com recurso a análise descritiva, testes de hipóteses e modelos lineares generalizados. Os resultados indicam que espécies omnívoras como Columba livia e Passer domesticus são espécies dominantes na maioria das zonas de Aveiro. Os resultados mostram ainda que a riqueza específica é mais alta em zonas localizadas a uma maior distância de esplanadas, em ruas com mais movimento e com maiores densidades tanto de árvores como de edifícios mais altos, bem como menor percentagem de impermeabilidade do solo e menor densidade de população humana residente. Adicionalmente, zonas com maior densidade de edifícios mais velhos, mas também de maior altura, menor densidade de população humana residente, com ruas de maior movimento e maior distância a esplanadas, suportam maior abundância de avifauna. Ainda, existe maior diversidade, abundância e biomassa de avifauna no nível médio de altura do que nos níveis baixo e alto. Estes resultados sugerem que a combinação de fatores sociais e de uso do solo locais, em detrimento da aplicação de fatores únicos, permitem uma melhor compreensão da biodiversidade e estruturas espaciais de comunidades de aves urbanas. Adicionalmente, devido à complexidade dos ecossistemas urbanos, é pertinente realçar a relevância de integrar investigadores das ciências sociais e de ordenamento do território em investigações de ecologia urbana.
Description: Mestrado em Ecologia Aplicada
URI: http://hdl.handle.net/10773/16426
Appears in Collections:DBio - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaRodriguesMorgado.2015.MScThesis.pdfTese3.36 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.