Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15606
Title: Fatores psicológicos preditores do grau de funcionalidade em idosos
Author: Duarte, Ana Rita Ribeiro
Advisor: Silva, Carlos Fernandes da
Keywords: Psicologia da saúde
Envelhecimento - Aspectos psicológicos
Envelhecimento - Aspectos sociais
Pessoas idosas
Locomoção humana
Cuidados de saúde
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: A velhice pode estar associada ao sofrimento, aumento da dependência física, declínio funcional, isolamento social, depressão e improdutividade. No envelhecimento observam-se lentificação no processamento cognitivo, redução da atenção, dificuldades na retenção das informações aprendidas (memória de trabalho) e diminuição na velocidade de pensamento e habilidades visuoespaciais. Por outro lado, as que se mantêm inalteradas são: inteligência verbal, atenção básica, habilidade de cálculo e a maioria das habilidades de linguagem (Moraes, Moraes & Lima, 2010). O objetivo deste estudo é comparar funções executivas com grau de funcionalidade para averiguar em que medida estas variáveis predizem funcionalidade. Trinta idosos de três valências diferentes constituíram a amostra deste estudo. Os instrumentos de avaliação administrados foram os seguintes: Escala de Barthel, MontrealCognitiveAssessment (MoCA), Trail Making Test (TMT), Teste de Aprendizagem Audio-Verbal de Rey (RAVLT), Figura Complexa de Rey, Teste Stroop de Cores e Palavras (TSCP), DigitSpan, Escala Geriátrica de Depressão. Dos resultados obtidos destacam-se a existência de relações estatisticamente significativas entre a saúde mental e a funcionalidade. Quanto melhor é a saúde mental, maior é o grau de funcionalidade e os participantes do “Domicílio” possuem melhor saúde mental, atenção, planeamento e construção visuo-espacial do que os do “Centro de Dia”, e estes melhor do que os do “Lar”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) destaca a capacidade funcional e a independência como fatores preponderantes para o diagnóstico de saúde física e mental na população idosa. Alguns autores indicam que a avaliação cognitiva deve ser sempre acompanhada de uma avaliação funcional e vice-versa.
Aging can be associated with suffering, physical dependence increase, functional decline, social isolation, depression and unproductivity. aging is observed reducedspeed in cognitive processing, attention reduction, difficulties in retention of apprehended information (work memory) and decrease in thought quickness and visual-spatial abilities. On the other hand, the ones that are kept unaltered are: verbal intelligence, basic attention, calculation ability and the major language abilities (Moraes, Moraes & Lima 2010). The aim of this study is to compare executive functions with functional degree to assess in which extension these variables predict functionality. Thirty elderly of three different valences consist in this study sample. The evaluation instruments administrated were the following: Barthel scale, Montreal Cognitive Assessment (MoCA), Trail Making Test (TMT), The Rey Auditory-Verbal Learning Test (RAVLT), The Rey complex figure, The Stroop Color and Word Test (TSCP),DigitSpan,The Geriatric Depression Scale. From the results we can highlight the existence of statistically significant relations between mental health and functionality. The better the mental health the bigger is the functionality degree. “Domicílio” participants have better mental health, attention, planning and visual-spatial construction than the ones from “Centro de Dia”, and these better than the ones from “Lar”. The World Health Organization (WHO) highlights functional capacity and independence as preponderating factors to physical and mental health diagnose in elderly population. Some authors indicate that cognitive evaluation should always be accompanied by a functional evaluation and vice versa.
Description: Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/15606
Appears in Collections:UA - Dissertações de mestrado
DEP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fatores psicológicos preditores do grau de funcionalidade em idosos.pdf442.04 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.