Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15592
Title: Influência da desejabilidade de um potencial parceiro sexual no reconhecimento de faces
Author: Branquinho, Ana Catarina Rogeira Jesus
Advisor: Pandeirada, Josefa das Neves Simões
Santos, Isabel
Keywords: Psicologia clínica
Psicologia da saúde
Memória
Reconhecimento facial
Psicologia do comportamento
Atracção
Sexualidade
Defense Date: 2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: Em concordância com a perspetiva da psicologia evolucionista, a literatura tem apontado diversas adaptações mnésicas do ser humano em consequência de diferentes pressões seletivas. Essas pressões conduziram a uma maior e mais eficaz capacidade de codificação e retenção de informação relevante em contextos de sobrevivência, sendo proposta a generalização deste fenómeno a domínios específicos, nomeadamente o reprodutivo. O presente estudo recorre ao conhecimento da psicologia evolucionista no que respeita às adaptações mnésicas associadas ao domínio reprodutivo, especificamente às adaptações associadas às estratégias de acasalamento adotadas pelas mulheres, focando-se na análise do desempenho mnésico num contexto de procura de parceiro para uma relação a longo-prazo. Deste modo, pretendeu-se explorar se a manipulação da desejabilidade de potenciais parceiros, através do emparelhamento de diferentes características psicossociais com faces masculinas de atratividade média, influenciava o reconhecimento das faces às quais essa informação foi associada. Prevê-se que, numa tarefa de reconhecimento, as faces apresentadas com informação desejável sejam posteriormente identificadas como mais atraentes e que, pelo contrário, quando emparelhadas com informação indesejável ocorra um enviesamento para a perceção de menor atratividade. Além disso, na tarefa de monitorização da fonte de informação, espera-se que as participantes sejam capazes de recordar melhor potenciais parceiros desejáveis como sendo desejáveis, e indesejáveis como sendo indesejáveis. Foram realizadas duas experiências, contendo uma fase inicial de codificação de avaliação da desejabilidade de potenciais parceiros, uma segunda fase de reconhecimento das faces numa matriz, uma fase de monitorização da fonte da informação previamente apresentada com a face (apenas na experiência 1) e, por último, uma fase de escolha forçada da face mais atraente entre duas alternativas previamente vistas. Antes da tarefa de reconhecimento e da tarefa de escolha forçada foram ainda realizadas tarefas distratoras. Os resultados foram ao encontro do esperado para os estímulos desejáveis e neutros, na tarefa de reconhecimento, e a hipótese levantada relativamente à monitorização da fonte foi também corroborada. As possíveis limitações do estudo presente e sugestões para estudos futuros são discutidas por forma a propor soluções para uma investigação mais eficaz da temática em questão.
According to an evolutionary psychology perspective, several mnemonic adaptations are likely to have developed in response to different selection pressures humans likely faced during the process of evolution. These pressures led to a greater and more efficient capacity of encoding and retaining information in contexts of survival. Authors have also proposed that this phenomenon should generalize to specific domains, such as reproduction. The present study uses the knowledge of evolutionary psychology regarding the mating strategies adopted by women, and focuses on analyzing the mnemonic performance in the context of searching for a long-term relationship partner. Specifically, we explored if the recognition for faces would be influenced by the desirability of potential mating partners. To this end, participants initially evaluated the desirability of potential mating partners represented by a male face paired with different psychosocial attributes that corresponded to undesirable, desirable or irrelevant characteristics to this mating context. We expected that, in a later recognition task, faces previously paired with desirable information would be remembered as more attractive and, on the contrary, when presented with undesirable attributes, faces would be recognized as less attractive, indicating a bias in recognition afforded by the initial encoding task. Moreover, in a source memory task, we expected that participants would be more likely to remember the potential partners initially considered to be desirable as desirable, and those classified as undesirable as being undesirable, rather than remembering them as the opposite. Two experiments were conducted. In both experiments the first task was an encoding task where participants rated the desirability of potential mating partners; this was followed by a face recognition task and then by a source memory task for the information previously paired with the faces (the later was only included in Experiment 1). Finally, participants performed a forced choice task where they had to select the most attractive face between two alternatives earlier presented. A short distractor task preceded the recognition and forced choice tasks. The results confirmed our hypotheses for the desirable and neutral stimuli on the recognition task. The hypotheses regarding the source memory were also corroborated. Possible limitations of the present work and suggestions for future research are discussed in order to propose solutions for a more effective investigation of this topic.
Description: Mestrado em Psicologia da Saúde e Reabilitação Neuropsicológica
URI: http://hdl.handle.net/10773/15592
Appears in Collections:DEP - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Influência da desejabilidade de um potencial parceiro sexual no reconhecimento de faces.pdf566.71 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterLinkedIn
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.