Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10773/15479
Title: Manual de raspagem de palhetas: para alunos de oboé do ensino básico e secundário
Author: Conceição, Júlio César Cardoso Ferreira da
Advisor: Correia, Jorge Salgado
Keywords: Ensino de música
Oboé
Instrumentos musicais
Ensino básico - Manuais escolares
Ensino secundário - Manuais escolares
Aprendizagem
Defense Date: 26-Oct-2015
Publisher: Universidade de Aveiro
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo preencher uma lacuna existente na área de ensino do oboé, a raspagem da palheta. Constatei a inexistência de uma ferramenta de apoio para o professor e para o aluno que fosse explícita, concisa, que abordasse um determinado estilo de raspagem e que fosse em português. Propus-me portanto criar uma sob a forma de um manual e a avaliar a sua utilidade junto dos alunos. A criação deste manual tem como objectivos: Ajudar o aluno durante a sua aprendizagem, poupar tempo de aula e encurtar o tempo que é necessário para o aluno ficar autónomo. O manual foi testado com três alunos de oboé de idades compreendidas entre os 14 e os 16 anos, oriundos da Academia de Música de Paços de Brandão, tendo também para o efeito um grupo de controlo de outros três alunos com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos, dessa mesma instituição. O procedimento foi comparar e analisar a evolução entre o grupo experimental e o grupo de controlo ao longo de 3 meses, através da observação das palhetas que semanalmente traziam para as aulas e através da análise de um questionário realizado no final desses 3 meses. Recolheu-se também para análise a opinião de alguns professores de oboé sobre a importância do ensino da raspagem assim como de que maneira a ensinam e se sentem falta de uma ferramenta do género. A análise final essencialmente mostra que a existência deste manual é positiva não só para a evolução do aluno como para a sua confiança, mas não substitui o professor e a observação direta. Também se observou que o tempo de aula despendido a clarificar certos aspetos foi menor nos alunos que possuíam o manual.
The following work has the goal of filling a gap in the area of oboe teaching, the scrapping. The search for a support tool for the teacher and for the student that was explicit, concise, which would approach to a certain scraping style, written in Portuguese led me to conclude that such tool does not exist. So I set out to create one in the form of a manual and evaluate its usefulness by the students. This manual aims to: Help students during their learning, save class time and shorten the time it takes for a student to become autonomous. The manual was tested by three oboe students aged 14 to 16 years in Academia de Música de Paços de Brandão with a control group of three other students aged 14 to 17 years from the same institution. The objective was to analyze and compare the evolution between the experimental group and the control group over three months, through the observation of the reeds brought in to class every week and through the analysis of the results of a survey conducted at the end of those three months. It was also collected for analysis the opinion of some oboe teachers about the importance of teaching how to scrape a reed as well as how do they teach it and if they miss a tool like this manual. The final analysis shows essentially that the existence of this manual is positive not only for the evolution of the students as to their trust, but it doesn’t replace the teacher and direct observation. It was also noted that class time used to clarify certain aspects was shorter by the students who had the manual.
Description: Mestrado em Ensino de Música
URI: http://hdl.handle.net/10773/15479
Appears in Collections:DECA - Dissertações de mestrado
UA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdfTese2.27 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.